Prefeitura realizou o São Pedro mais caro da história e o que mais gerou prejuízos na cidade

Foto do dia 03, domingo, durante o Show de Paula Abelha e Marlon( foto Neto Oliveira)

Após a realização da edição mais cara do tradicional São Pedro de Itiruçu, com gastos de mais de meio milhão de reais, o comércio da cidade ainda procura entender o porquê de tão pouco movimento financeiro ocorrido durante o período dos festejos. Em edições anteriores, grandes atrações e as ornamentações diferenciadas comparando-se as três ultimas realizações do evento, que vem deixando a desejar. O fato é que a festa se foi e os prejuízos ficaram para os que investem no município, os movimentos dos grandes supermercados, lojas e até na feira livre, são os piores dos últimos anos. O povo procura entender aonde foi aplicado tanto recurso que a prefeitura divulga ter gasto na realização do São Pedro, já que as atrações não foram caras nem houve investimentos nas ornamentações das praças. Mais para que a comunidade Itiruçuense não ficassem sem atrações que atraíssem ao publico, a administração resolveu surpreender a todos, dando a oportunidade e aproveitando da fama do talentoso Claudio Novaes,( O Claudinho baterista) que também ficou no prejuízo, sendo usado sem perceber nenhum recurso financeiro que o ajudasse, tendo as vezes que dormir na rua por falta de transporte que pudesse o levar na zona rural do município, lugar onde vive. Mais em 2012 será ano político, é ano de eleições municipais, daí já saiu à promessa do alcaide do município em dá a Itiruçu, 30 dias de festas, resta saber se ele irá cumprir o que diz dessa vez, mais a esperança de todos, é que a realização do São Pedro seja campeã de publico e de lucros na cidade, ao Ives da praça do forró, ser comparada a dia de realização de Bingo, como foi o desastre da edição de 2011.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas