Prefeitura de Planaltino envolve Igreja Católica em suspeita de desvio de dinheiro público

planaltino

Os vereadores de oposição, Alexandro Sousa da Silva, Ernandes Pereira Soares, Gilvan Alves Braga e Rener Oliveira de Souza, (PSD) do município de Planaltino Bahia a 320Km da capital, denunciaram ao padre do município Pe. Petrônio Bonfim e solicitaram esclarecimento quanto a suspeita de corrupção praticada pela atual administração municipal onde gestor José Carlos Nascimento e seu Secretário de Finanças e Planejamento Evanildo Fontes, entre outros, apresentaram ao Tribunal de Contas dos Municípios – TCM, despesas no valor de R$ 7.930,00 (sete mil e novecentos e trinta reais), referente a aquisição de fogos de artifício que supostamente seriam doados a Igreja Católica Nossa Senhora das Dores (Praça da Matriz, sede), para comemoração dos festejos da Padroeira da cidade no ano de 2014. Segundo os vereadores o que levantou suspeita foi o alto valor e quantidade apresentado pelo mandatário e equipe financeira, de fogos de artifício mencionados na Nota Fiscal 187, do Processo de Pagamento 1999, de novembro de 2014, encontrados na pasta 07/14, em acompanhamento mensal as contas municipais apresentadas a Inspetoria Regional do TCM em Jequié, em 30 de janeiro de 2015. Constam na lista de produtos pagos com recursos públicos para suposta doação:

100 caixas de Foguete 12X1;

10 caixas de Girândola 468 T;

10 caixas de Girândolas 468 T cores;

03 caixas de Morteiro 4D 2,5 Pol. 25 TB; e

01 caixa de Fire Working cores 177 TB.

Em contato com o blog os vereadores informaram que esta é apenas uma das muitas suspeitas de corrupção envolvendo esta administração que serão encaminhadas ao TCM e ao Ministério Público para apuração e punição dos envolvidos. Veja o ofício dos vereadores ao Padre do município. 

oficio

oficios


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas