Prefeito de Macaé abre mão do próprio salário e lança desafio a vice e vereadores

aluiziomacae

Para tentar amenizar a crise econômica de Macaé, o prefeito, Dr. Aluízio (PMDB), decidiu abrir mão de receber o salário de R$ 17 mil como chefe do executivo do executivo do município.

O moço entregou um ofício na Câmara, na manhã desta última terça-feira (20), afirmando que, como médico, vai custear as despesas da família com os recursos do seu consultório.

Aluízio sabe que a medida não vai resolver os problemas da cidade, mas acredita ser uma forma de mostrar solidariedade com os demitidos por causa da crise.

“Tenho capacidade de arrecadar recursos com a medicina, como sempre fiz. De manhã estou no consultório e, depois, vou para prefeitura administrar a cidade. É uma forma de me posicionar e me solidarizar com os desempregados”, afirmou o prefeito.

Dr. Aluízio espera que seu exemplo seja seguido e lançou o desafio para que o vice-prefeito e os vereadores façam o mesmo.

“Quem se propõe a estar no serviço público tem que se colocar no lugar do outro. Espero que revejam suas posições e reduzam seus salários. O desempregado não pode pagar a conta”, finalizou.

Por enquanto, os desafiados ainda não se posicionaram… É esperar para ver.

*Informes do extraglobo


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas