Precisou de uma tragédia para a prefeitura de Santa Inês anunciar conserto do SAMU

morte

Precisou acontecer uma tragédia com saldo de morte para que a prefeitura de Santa Inês tomasse iniciativa de conserto no veículo da Samu. Isso mostra o descaso do município com relação à atenção ao bem que pode salvar vidas de seus munícipes: o Samu.

Segundo o Blog Santa Inês Acontece, a Prefeitura de Santa Inês, através da publicação de nº 902 no Diário Oficial dos Municípios, de 26 de março de 2015, tornou público o investimento para o conserto da SAMU, que em dezembro de 2014 envolveu-se um acidente ficando indisponível para atendimento ao público.

A tragédia aconteceu quando uma  farmácia desabou na quarta-feira, dia 25. De acordo com a delegacia local, o acidente aconteceu por volta das 10h, quando o estabelecimento já estava em funcionamento. Uma mulher morreu e outras três ficaram feridas.

Ainda de acordo com a delegacia, a vítima fatal chegou a ser encaminhada com vida a um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos. O socorro que deveria ter sido prestado pelo Samu de Santa Inês, não pode ser realizado devido a falta de conserto no veículo


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas