“Pré-candidatura de Bira em Camaçari é legítima”, diz ministro Afonso Florence‏

Foto Divulgação

A base política do deputado estadual Bira Corôa (PT) na Bahia sinalizou apoio a uma possível pré-candidatura do parlamentar a prefeitura de Camaçari, durante Plenária Estadual do seu mandato realizada, neste sábado (20), na cidade. Prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, secretários municipais e demais lideranças políticas, representando cerca de 50 municípios baianos, disseram abrir mão do mandato que ajudaram a reeleger caso o parlamentar seja o escolhido para a disputa em 2012.A demonstração de desprendimento e lealdade foi destacada na fala do ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, presente ao evento que reuniu mais de 800 pessoas na Casa do Trabalhador. “Essa plenária oferece ao PT, ao companheiro Luiz Caetano e a Camaçari um nome qualificado e preparado como pré-candidato para continuar o projeto político na cidade. É legítimo e natural e tenho certeza que Bira se colocará sempre pela construção da unidade”, disse Afonso. Bira Corôa garantiu que, mesmo colocando seu nome à disposição do partido, não vai abandonar as bases. “Não vamos abrir mão de dar assistência aos municípios que garantiram a recondução do nosso mandato”, disse o deputado, que fez questão de agradecer a presença das lideranças, a exemplo dos deputados federais Nelson Pelegrino e Amaury Teixeira, da deputada estadual Maria Del Carmem e do vereador de Salvador, Gilmar Santiago.O presidente do PT de Camaçari, Fabão Carvalho, não vê problema em ter mais de um nome dentro do partido como alternativa para sucessão municipal. “Nossa tarefa é construir a unidade do PT para 2012”, explicou o dirigente. Já a vereadora do município, Margarida Galvão, destacou a legitimidade da disputa interna: “O bom do PT é que o PT não tem dono”.Muitos políticos que não puderam prestigiar o encontro registraram mensagens para o mandatário, como os deputados estaduais Álvaro Gomes (PC do B), Carlos Geilson (PTN), Roberto Carlos (PDT), Luíza Laudano (PT do B), além dos petistas Fátima Nunes, Zé Raimundo, Joacy Dourado, Paulo Rangel e Zé Neto. O senador Walter Pinheiro (PT-BA) – que cumpriu agenda de inaugurações com o governador Jaques Wagner em Ipirá e Pintadas – não pode comparecer, mas foi representado pela assessoria.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas