Política lajedense: prefeito diz vencer dificuldades financeiras pagando em dia

Foto/Blog Itiruçu Online

Foto/Blog Itiruçu Online

Apesar das dificuldades financeiras que tem enfrentado, geradas, principalmente, pelo pagamento sucessivo, mês a mês, de dívidas de precatórios, oriundas de causas trabalhistas, o prefeito Adalício Almeida, continua pagando em dia, apesar de também tomar medidas econômicas com demissões para enxugar a folha de pessoal, se igualando a outras prefeituras vizinhas. Foi o que garantiu o gestor em entrevista para o Blog Itiruçu Online.

 –Lajedo do Tabocal é um dos municípios que também está com muita dificuldade, isso por conta de os gestores anteriores, deixaram, por exemplo, na questão trabalhista, varias pendências em cujos processos contra a prefeitura de Lajedo, na época, não foram tomadas providencias e deixaram correr a revelia. Com isso, chegaram às sentenças da Justiça Trabalhista e tivemos que pagar vários processos trabalhistas. Essas ações fizeram com que o dinheiro fosse sequestrado do Fundo de Participação e não tínhamos como fazer nada. Esse recurso está nos fazendo muita falta, pois era uma obra que poderíamos está realizando, como recuperação de estradas, calçamentos e, no entanto, esses recursos têm que ver e fazer de conta que não temos, por ser sequestrado para quitar dividas trabalhistas. Existem  muitas outras dificuldades, como na saúde, aonde o recurso é muito pouco e é difícil um prefeito administrar com poucos recursos, mesmo assim temos trabalhado com muita reponsabilidade economizando cada real  e aplicando muito bem nossos recursos, ficando sem dever nada a nossos funcionários, pagando  rigorosamente em dias e com todos os direitos trabalhistas. Está muito difícil trabalhar com poucos recursos, mas Lajedo não deve nada a ninguém neste momento-, comentou Adalício Almeida.

Quanto às obras que foram anunciadas, mas não tiveram início, o prefeito disse está aguardando os recursos serem liberados para iniciá-las.

Temos a esperança de iniciarmos algumas obras, a exemplo de uma emenda de nosso deputado Antonio Brito (PTB), com relação à recuperação das estradas vicinais, com o encascalhamento de Lajedo até o Morro da Rosa, que é uma emenda que ainda não saiu. O projeto já está na caixa prontinho e infelizmente a presidente Dilma ainda não liberou.  Estamos com essas dificuldades de iniciarmos as obras. Permanecemos com projeto de pavimentação para sede do município, a reforma na Praça, recuperação de barragens, todas essas esperando recursos entrar nas contas para iniciar.  Já conseguimos realizar algumas obras, como a Construção de uma UBS, Calçamentos no Bairro Popular com verbas do governo estadual. Realizamos algumas com recursos do município, a exemplo da reforma da creche, uma recuperação no cemitério e a construção uma garagem municipal para guardar os veículos do município, uma cidade com 26 anos de existência e ainda não possuía uma garagem, não temos condições, mas iremos nos esforçar para fazer por ser uma necessidade do município-, finalizou Adalício.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas