Policial conquistense morre com suspeita de dengue hemorrágica em Jequié

astrepm

A morte de um policial militar em Jequié, está sendo investigada por equipes médicas. O soldado Ângelo Leonardo Matos Gouveia de Astrê, 32 anos, faleceu na noite do sábado (18/7) depois de passar mal repentinamente. A causa da morte ainda é ignorada. Lotado no 9º Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação, o soldado Astrê estava na PM há seis anos e era trompetista da banda da corporação em Vitória da Conquista, onde trabalhava.

Segundo relatos de colegas do 9º Batalhão, o soldado Astrê começou a sentir dores no abdômen e nos rins na manhã de sábado. Ele foi até o Hospital Santa Helena, onde fez exames e acabou sendo liberado. Chegando em casa, voltou a sentir dores e passou a vomitar sangue, retornando ao hospital. Inicialmente exames chegaram a apontar a suspeita de dengue, segundo os colegas, mas essa possibilidade teria sido descartada com novos testes. Enquanto providenciavam a transferência do soldado em uma ambulância com UTI para um hospital de Conquista, ele acabou falecendo. Em nota, a PM lamentou a morte do soldado e informou que o corpo dele será sepultado na tarde desta segunda-feira (19) em Jequié,a partir das 16h.

A Associação de Policiais de Jequié e Região (Aspojer) também divulgou nota de pesar lamentando a morte. “É com enorme pesar que informamos o falecimento de nosso companheiro soldado Astrê, que encontrava-se internado na cidade de Jequié com suspeita de dengue hemorrágica! Astrê era um jovem cheio de sonhos, estudante e compromissado profissionalmente.Tudo ocorreu repentinamente. Força a família neste momento difícil”. Uma autópsia deve definir a causa da morte. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informou que não foi notificada de nenhum caso de suspeita de dengue até o momento. Com informações do Correio*


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas