Polícia Civil elucida morte de taxista em Jequié

taxistajequie

Juntando esforços de três coordenadorias de polícia o caso da morte do taxista Zevalto foi elucidado, 3 elementos foragidos da cadeia de Itapetinga foram os autores do latrocínio. O trio roubou um veículo modelo Ecosport em Itapetinga, fugiram para Jequié e ficaram escondidos no bairro Cachoeirinha, praticaram crimes em Jequié, inclusive assaltaram uma loja de celulares. Alessandro Santos (zoi), Wilker Souza Ferreira e Henrique Silva de Oliveira decidiram pegar um taxi e infelizmente foi o senhor Zevalto, durante a corrida anunciaram o assalto e Zoi decidiu matar a vítima temendo ser identificado posteriormente, amarrou o taxista e deu vários tiros deixando o corpo na cidade de Ubaitaba.

Quando seguiam para Itapetinga o trio deu uma carona a um vigilante na saída da cidade de Ubaitaba, foi ai que a segunda vítima reagiu sento assassinado e o corpo foi deixado em Uruçuca. Eles abandonaram o taxi em Itapetinga e Zoi voltou para Jequié, o comparsa Henrique foi preso em Itapetinga, ele que contou aos policiais o que de fato aconteceu e ajudou nas investigações. Alexandro Souza Santos foi assassinado no final de semana no bairro Cachoeirinha 2, em Jequié, segundo o delegado Cristiano Mangueira, as investigações agora é para saber quem matou Zoi e por que. Será que foi mais um crime por envolvimento drogas ou uma retaliação pela morte de Zevalto? Informes do Blog Junior Mascote.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas