“Para população de bem vamos ter muito trabalho, aqueles que estão à margem da lei, eles é que terão trabalho”, diz novo comandante da PM em Jequié

Posse-Major-Mota-Lima-4

Troca de comando em Jequié. O 19º Batalhão da Polícia Militar (BPM) de Jequié tem, desde a manhã desta última segunda-feira (28), um novo comandante. O Major PM Ricardo Cesar Santana passou o comando ao Major PM Alexandre Mota Lima durante cerimônia realizada no pátio do Batalhão de Polícia Militar de Jequié.

Em entrevista cedida ao repórter Tote Andrade, o novo comandante da PM na cidade Sol,  Major PM Alexandre Mota Lima, disse que a polícia vai aumentar a parceria com a sociedade e dá muito trabalho para os que andam a margem da Lei.

20150928155954

-“É uma grande satisfação estar comandando a partir de agora um Batalhão de grande expressão no cenário baiano, e com isso a reponsabilidade enquanto comandante aumenta. Tenho certeza que junto à população iremos vencer com ajuda de nosso grande Deus e, digo sempre: se as portas do batalhão estavam abertas, agora elas estão escancaradas. A população tem que está aqui solicitando suas demandas e suas necessidades, para que com isso a Polícia Militar tente minimizar seus problemas. Iremos nos aproximar cada vez mais da comunidade, esse é o nosso objetivo e é também a orientação do comando geral da corporação e do governo do estado. Não existe Polícia Militar sem a sociedade. Vamos fazer os trabalhos operacionais como blitz nas ruas e a população tem que entender. No primeiro momento iremos ouvir bastante e nos assenhorar sobre o Batalhão e, logo depois, vamos implantar o nosso trabalho.”- relatou o Major.

Diante dos números assustadores de homicídios, crescente em Jequié e região, o major afirmou que a postura da Polícia Militar será cada vez mais a favor de cumprir a lei e assegurar aos munícipes um pouco de tranquilidade 24h. “Sim, policia 24 horas. Estamos para dá proteção à comunidade. Policia não tem horário para trabalhar. Para população de bem nos vamos ter muito trabalho, e aqueles que estão à margem da lei, eles é que terão trabalho”, concluiu.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas