Papa Francisco nomeia arcebispo de Brasília, Dom Sérgio da Rocha, como cardeal

cardeal-nome

Em um anúncio surpresa neste domingo, Papa Francisco anunciou que elevará 17 prelados à função de cardeais. Dentre eles, está o brasileiro Dom Sérgio da Rocha, arcebispo de Brasília e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Além disso, 13 desta lista têm menos de 80 anos e, por isso, são elegíveis para entrar no conclave que no futuro escolherá o próximo chefe do Vaticano. O pontífice escolheu religiosos de cinco continentes, seguindo a sua tradição de nomear cardeais dos mais distantes e periféricos cantos do mundo — oferecendo mais representatividade a África, Oceania, Ásia e América do Sul do que à Europa, que por muito tempo dominou o Colégio Cardinalício.

Nascido em São Paulo, o arcebispo brasileiro tem hoje 56 anos. Estudou Filosofia no Seminário de São Carlos (SP) e Teologia na PUC de Campinas (SP), além de ter doutorado na Academia Alfonsiana da Pontifícia Universidade Lateranense, em Roma. No ano passado, foi eleito presidente da CNBB com mandato até 2019 e também é membro do Conselho da Secretaria Geral do Sínodo dos Bispos (Vaticano). Três dos cardeais anunciados neste domingo são dos EUA, incluindo o arcebispo moderado Blaise Cupich e o arcebispo Joseph Tobin. Apenas um italiano foi nomeado. A cerimônia para formalizar a elevação acontecerá no dia 19 de novembro.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas