Outubro Rosa: ações na Bahia oferecem mamografias gratuitas e orientações; confira

Principal causa de morte por câncer entre mulheres, o câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células da mama. Com o objetivo de conscientizar, principalmente o público feminino, e possibilitar o diagnóstico precoce da doença, órgãos públicos e privados oferecem, em alusão ao Outubro Rosa, mamografias, palestras e consultas gratuitas. Confira as ações que acontecem na Bahia.

Mamografias e outros exames

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) ofertará mais de 14 mil exames de mamografia na capital e interior, a partir de 4 de outubro. Os exames serão realizados em mulheres de 40 a 69 anos, com horário previamente agendado pela internet.

Para ter acesso ao procedimento na capital baiana, basta que as interessadas procurem um dos 154 postos da rede municipal munidas do documento de identificação com foto e o cartão SUS para avaliação médica e de enfermagem, possibilitando os encaminhamentos necessários para atender à necessidade de saúde apresentada.

Já no interior, as 21 Policlínicas Regionais de Saúde ofertarão os exames, no entanto, o agendamento ocorre nos postos de saúde ou nas Secretarias Municipais de Saúde.

Para ser atendida, a mulher deve agendar o exame através do site da Sesab. No dia marcado deve-se apresentar um documento de identidade com foto, cartão do SUS e um comprovante de endereço no município.

As unidades móveis ficarão estacionadas nos seguintes locais: UNEB, no Cabula (de 4 de outubro a 13 de novembro); Mansão do Caminho, em São Marcos (de 4 de outubro a 13 de novembro); Departamento de Saúde da Polícia Militar, Avenida Dendezeiros (de 4 a 30 de outubro); Salvador Norte Shopping, São Cristóvão (de 4 a 16 de outubro); 41º Companhia da Polícia Militar, Federação (de 18 a 20 de outubro); Lar Harmonia, Piatã (de 21 a 23 de outubro); sede da Sesab, Centro Administrativo, (de 25 a 27 de outubro), UPA de São Caetano, em São Caetano (de 3 a 13 de novembro), e Organização do Auxílio Fraterno, Queimadinho, Liberdade (de 3 a 6 de novembro).

De acordo com a Sesab, o Hospital da Mulher terá uma programação especial, a ser iniciada no dia 4 de outubro, com a realização de punções mamárias (biópsias) para pacientes. Durante todo o mês de outubro serão realizadas cirurgias de reconstrução mamárias para pacientes oncológicas da unidade.

Também serão realizadas palestras de conscientização sobre o câncer de mama, voltadas para colaboradores e pacientes do hospital. Na segunda quinzena de outubro serão entregues perucas do projeto “Fio Solidário”, em parceria com o “Tantinho de Esperança”, para pacientes oncológicas da unidade hospitalar.

Em Salvador, haverá também intensificação da oferta de exames de rastreio para câncer de colo do útero, de segunda a sexta-feira, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s). Nos postos, terá oferta de coleta de papanicolau/preventivo, voltada para mulheres na faixa de 25 a 64 anos; além de exame clínico da mama para mulheres a partir dos 40 anos; e encaminhamentos para mamografia das usuárias na faixa etária entre 50 e 69 anos.

A saúde da mulher entra em foco também nas ações disponibilizadas nas unidades de saúde para diagnóstico de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s), através de teste rápido e distribuição de preservativos e gel lubrificante. Serão realizados encaminhamento para laqueadura e inserção de DIU, consulta ginecológica, avaliação nutricional, consultas odontológicas e coleta de exame citopatológico, dentre outros. O Dia D de mobilização ocorrerá no dia 23 de outubro (sábado), para ampliar o acesso das mulheres aos serviços.

Em parceria com a Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), a Sala Rosa estará disponível no Shopping Center Lapa, no dia 29 de outubro, das 9h às 17h, para as interessadas em realizar procedimentos clínicos e ouvir orientações e palestras. As Unidades de Acolhimento gerenciadas pela SPMJ também serão contempladas ao longo do mês com exames de rastreio ofertados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Na próxima segunda, 4, uma parceria entre a prefeitura de Salvador e as clínicas especializadas em imagens ofertará exames de rastreamento precoce do câncer de mama. O Labchecap, em São Marcos, atenderá mais de 50 pacientes assistidas pelos centros de proteção à mulher, cadastradas previamente pela SPMJ. Já o Instituto Patrícia Lordêlo (IPL), no Itaigara, receberá pacientes do SUS, no horário das 8h às 18h.

Ações educativas

A Clínica da Mulher – Anna Paola Noya Gatto e o Shopping Barra, realizam, de 1° a 15 de outubro, a campanha “Eu Amo Viver”. Médicas mastologistas, estudantes de medicina e profissionais de saúde estarão a postos para conversar sobre o câncer de mama, chamando atenção para os fatores de risco que podem contribuir para o seu aparecimento e os principais sintomas, ensinando a fazer o autoexame das mamas, e sobretudo, explicando sobre a importância do diagnóstico precoce, fator que pode aumentar muito as chances de cura.

O stand funcionará no piso L3 Sul, próximo às Lojas Americanas, de segunda a sábado, das 9h às 22h, e aos domingos, de 12h às 20h. Além da presença das equipes de saúde, haverá também oferta de cartilhas informativas e distribuição de brindes.

Ainda em Salvador, a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ) realizará, a partir desta sexta-feira, 1º, o programa Alerta Salvador, voltado para a conscientização da população sobre a importância do diagnóstico precoce e os tratamentos existentes, após o diagnóstico positivo da doença.

A programação prossegue até o dia 8, com a formação da primeira turma do curso de defesa pessoal, em parceria com a Guarda Municipal de Salvador (GCM). A atividade acontece das 13h às 17h, na sede da GCM, na Avenida San Martin, tendo como público-alvo mulheres atendidas pelos centros de referência a mulheres Loreta Valadares (Barris), Arlete Magalhães (Cajazeiras) e Irmã Dulce (Ribeira), além de funcionárias da Prefeitura.

No dia 19, das 9h às 11h, acontecerá o webinário Alerta Salvador no Outubro Rosa 2021, com a participação de especialistas em oncologia. O evento será transmitido pelo canal da SPMJ no YouTube.

A Secretaria da Agricultura (Seagri) irá promover a conscientização sobre o câncer de mama, direcionada às mulheres produtoras rurais. A iniciativa conta com as participações da Secretaria de Política para Mulheres e da Defensoria Pública da Bahia para ministrar os cursos de capacitação para as produtoras rurais.

Gratuitos, os cursos são divididos por módulos e vão abordar desde cidadania e pertencimento, passando por empreendedorismo, gestão financeira até liderança e autonomia econômica e social das mulheres. Ao final, as participantes receberão certificado.

Já a conscientização sobre o câncer de mama terá um vídeo, gravado pelo mastologista do Hospital da Mulher, André Dias, falando sobre cuidados, diagnóstico e tratamento precoce; cartilha e material informativo para distribuição entre as agricultoras, além de plotagem dos carros para alertar as produtoras rurais sobre a importância do cuidado com a saúde.

As ações serão realizadas nas seguintes cidades e datas: Crisópolis (dias 6 e 7), Cachoeira (dias 13 e 14), Itabuna (dias 25 e 26) e Barro Preto (dias 28 e 29).

Doação de cabelos

A edição 2021 do Projeto Ligadas Por Fios foi lançada pela Secretaria da Segurança Pública (SSP), por meio da Superintendência de Prevenção a Violência (Sprev). A ação visa a arrecadação de mechas de cabelo, lenços, bonés e acessórios em geral, que serão entregues ao Instituto Amor em Mechas para a confecção de perucas destinadas a mulheres em tratamento contra o câncer de mama na Bahia.

A iniciativa conta com 70 madrinhas, voluntárias responsáveis por auxiliar na divulgação do projeto, bem como estimular a arrecadação de mechas de cabelo. Inicialmente, 30 urnas serão disponibilizadas em diferentes pontos de Salvador até o dia 29 de outubro para doações. Após serem recolhidas, elas se juntarão a outras partes de cabelos para a confecção de perucas. Qualquer mulher pode doar, desde que a mecha possua, no mínimo, 15 cm de comprimento.

Em 2019, primeiro ano da campanha, mais de 154 quilos de cabelo foram arrecadados, além de R$ 4,9 mil doados para custear na confecção das perucas. Também foram recolhidos cinco perucas prontas, 61 turbantes, 45 bonés e chapéus, 50 tiaras, 286 lenços e 260 acessórios. As mechas, após serem transformadas em perucas, foram distribuídas a mulheres baianas em tratamento contra algum tipo de câncer, de diversos municípios baianos


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas