Otto Alencar é eleito senador pela Bahia

OTTO

O vice-governador da Bahia, Otto Alencar (PSD), 67, venceu a disputa para o Senado em seu Estado, neste domingo (5) ao vencer o presidente do PMDB da Bahia, Geddel Vieira Lima.

No início do processo eleitoral, as pesquisas apontavam Geddel como o principal favorito à vaga única pelo Estado, mas aos poucos ele viu o seu principal adversário se aproximar. À medida que isso foi acontecendo, o clima entre os dois passou a ser mais agressivo.

A rivalidade entre Geddel e Otto é antiga e se estende por mais de uma década. Em 2002, Geddel, ao lado de outros parlamentares, acusou Otto — que era governador da Bahia na época — de ser o responsável por um esquema para grampear os telefones do grupo. A mesma acusação foi feita em 2011, quando Geddel acusou o vice-governador por conta de grampos que teriam sido feitos pela Secretaria da Segurança Pública.

Faltando dez dias para as eleições, Otto acusou Geddel de utilizar fotos genéricas, de um banco de imagens, durante o horário eleitoral gratuito, como se fossem de cidadãos baianos. A campanha de Geddel se defendeu dizendo que, em nenhum momento, quis passar a impressão de que se tratavam de eleitores do Estado.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas