O PAU DE DONA ZUZU

zuzu

Dizem que ao visitar a terra de José Inácio, você tem por obrigação de ir ao Morro Grande e de lá admirar e contemplar as belezas que cercam a região, tem que ir até o Beija-flor e beber um pouco da sua água que de tão cristalina purifica a alma e por fim sentar no “Pau da Zuzu”. Esse em particular, é um dos lugares mais visitados na atualidade.

A fama é tanta que virou até assunto de programa de TV. Dizem até que tudo o que passa na terra de José Inácio, você fica sabendo sentado no “Pau da Zuzu”. Uma certa feita, houve uma insinuação de que “o pau” não deveria ficar onde está e que o melhor lugar para ele era virar cinzas. Quando esse assunto chegou aos ouvidos de Dona Zuzu, foi aquele “panavuê”.

Os mais chegados comentam até hoje, que a velha ficou uma “arara” e não arredou o pé da janela, esperando que um filho de não sei o que, aparecesse para mexer um milímetro no seu “pau” e a guerra começar. Comenta-se ainda, que ela já tinha avisado ao juiz, a policia, ao prefeito e todas as autoridades que se alguém se atrevesse a mexer no seu “pau”, o pau ia quebrar. O assunto foi tão sério, que ela tinha tentado até uma audiência com o governador e tinha escrito até uma carta, para que este tomasse conhecimento de que haveria um movimento articulado para que tirasse o seu “pau” do lugar.

Os mais curiosos conseguiram até um trecho da carta que ela iria ler para autoridade maior do estado: “Senhor governador, querem tirar o “pau” que sento todo final de tarde e que é o meu aconchego. Isso é um absurdo!”. Só que a carta, não se sabe porque, acabou sendo extraviada e não chegou as mãos do governador. A paz só reinou mesmo, quando foi feita uma comissão que incluiu até o padre para dizer a Dona Zuzu que ninguém iria mexer no seu “pau”, já que ele era um patrimônio inconteste do município. Desse dia em diante, o “pau” da Dona Zuzu ganhou notoriedade em todo o mundo.

 Por Joselito Fróes/Blog Itiruçu Online.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas