O NOVO VELHO HORIZONTE

Para quem nunca leu A REVOLUÇÃO DOS BICHOS de George Orwell, esta é uma boa ocasião para tal. O novo governo ainda nem começou e já se visualiza um horizonte de clima tão previsível quanto o do enredo da trama de Orwell!

MDB, DEM, organizações fundamentalistas e antigos setores como o da indústria e do sistema financeiro, os quais estes dois últimos, que sempre mandaram e desmandaram nos destinos do nosso país, irão prensar a cúpula do novo poder como um moedor de cana, pra tirar deles o máximo de caldo que puderem.

O MDB, com seu currículo de vasta experiência em corrosão do sistema público, que mesmo estando tão sujo quanto um pau de galinheiro, sorrateiramente já foi convidado para a festa e já se instalou no organismo com um ministério. E a tendência é ir se infiltrando pelas beiradas igualzinho a fogo no monturo até transformar tudo em cinzas!

Os radicais fundamentalistas cristãos, se fixarão de forma tão implacável nas entranhas das instituições públicas, que de agora em diante, seus tentáculos se proliferarão nas mentes e nas contas correntes dos menos esclarecidos, só que agora de forma institucionalizada.

Como defendo meu sustento na iniciativa privada e abomino a tirania falida do comunismo, assim como as injustiças do capitalismo selvagem, torço para que o Brasil volte aos trilhos. E tenho certeza de que em muitos aspectos, realmente muito se fará melhor.

Visualizo mais segurança nas ruas, que certamente evoluirá de forma substancial com a repressão aos bandidos sem pedigree. A polícia (mais do que justo), será mais respeitada e terá mais apoio para agir contra a ousadia atual da bandidagem.

Nas escolas públicas, os professores voltarão a ser autoridades e o ambiente escolar voltará a ser seguro e respeitoso.

Na economia, espero a queda mais acentuada dos juros e mais acessibilidade ao capital para investimentos.

Embora não deixe de ser um upgrade em nosso cootidiano, meu otimismo pára por aí. Pois acredito que mais dia menos dia, o atual sistema podre seja substituído por outro mais sofisticado. E com a oposição combalida, o terreno será mais fértil que antes!

E como foi finalizado no livro
A REVOLUÇÃO DOS BICHOS:
“…e depois de algum tempo, não se sabia mais quem era bicho nem quem era gente!”

Tom Scaldaferri, 09/12/2018.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas