Na Embasa, reunião de Coalizão Política garante investimentos e projeto que trará água da Barragem de pedras para Itiruçu e região

Reunião reuniu adversários políticos.

A crise hídrica conseguiu reunir nesta sexta-feira (09), no escritório da presidência da Embasa, em Salvador, adversários políticos nos municípios afetados pela falta d’água, na chamada luta de coalizão, que representa um pedido de socorro para que a Empresa Baiana de Água e Saneamento foque nos investimentos para levar água aos moradores dos municípios de Itiruçu, Lajedo, Planaltino, Maracás e Lafaiete Coutinho, além do Entroncamento de Jaguaquara.

A Coalizão Política foi encabeçada pelo ex-prefeito de Itiruçu, Aílton Cezarino, que lançou através da imprensa a ideia de união suprapartidária, para unir forças com deputados eleitos na esfera estadual e federal na captação dos recursos as obras previstas, que de fato solucione de vez o problema da falta d’água.

Na reunião, a Embasa ouviu os representantes políticos dos municípios. O presidente da Embasa, Rogério Cedraz, se comprometeu em  intensificar ações que já estão sendo realizadas para minorar as dificuldades dos municípios, com adoção de mais medidas  através da perfuração de quatro novos poços tubulares, a requalificação da rede  adutora. Cedraz disse ainda que vai atuar com carros-pipas nas localidades em que o desabastecimento é mais grave, ou seja, nos Bairros aonde a água não chega com facilidade.

Outro projeto defendido pela União é a captação de água da Barragem de Pedras, que solucionaria no menor tempo o problema.  A obra apresenta um orçamento de R$ 75 milhões.  De acordo com o deputado Marcelo Nilo, a alternativa de captar água da Barragem de Pedra é uma demanda já apresentada ao governador e que irá defender a questão como prioridade, por ser uma alternativa viável e que também abrange na ordem do governador Rui Costa solucionar o problema nos municípios.

O deputado eleito, Zé Cocá, disse que a Obra é uma viabilidade e como representante mais votado nos municípios vai tratar a questão como prioridade. “Esta é uma luta que não foi nos apresentada apenas  na campanha. Na verdade,  venho lutado pelo projeto do Paraguaçu desde que estive presidente dos Consórcios, uma obra que de fato solucionaria por anos a falta d’água. A viabilidade da Barragem de Pedras é uma solução que aparece como alternativa para ser realizada com menor orçamento e menos tempo de execução. Lutaremos dia e noite para que o que acordamos em reunião chegue ao cidadão, que é quem de fato precisa sentir nossas ações. Esquecer agora as cores dos partidos e unir forças. Tenham certeza que lutaremos para que dias melhores cheguem a nosso povo”, disse Cocá.

Outros dois deputados estaduais, Marcelinho Veiga (PSB), que não esteve na rreunião, mas defendeu investimentos que chega mais rápido e que solucione as de imediato a falta d’água, garantido que sua agenda estará voltada para a questão, por entender que o sofrimento das pessoas não pode esperar muito tempo. Veiga disse que já atendeu pedidos de seus aliados na cidade e que as medidas já tomadas estão garantindo, por mais que com dificuldades, o abastecimento em Itiruçu e Lajedo do Tabocal.  Euclides Fernandes (PDT) defendeu o projeto e afirmou que seu mandato empenhara ações em prol das conquistas que o povo precisa.

Além de Nilo e Zé Cocá, o deputado Federal Jorge Solla, representante da gestão de Itiruçu, ladeado da prefeita Lorenna Di Gregorio, participou da reunião e disse: “Temos o opção de buscar financiamento internacional, temos uma boa capacidade de endividamento, buscar financiamento federal, temos a chance de fazer com recursos do Estado e da Embasa, e, em último caso, somente com o nosso caixa. O governador Rui nos pediu prioridade nessa obra”, revelou.

Para o ex-prefeito Aílton Cezarino, foi um grande passo dado, pois a agenda coletiva reuniu na mesma bandeira políticos de partidos e posições políticas divergentes, mas que, sobretudo,  neste momento, o que  os  interessou foi o grave problema da crise hídrica. “Foi neste sentido que lá atrás, propomos a união de todos, de forma suprapartidária, o que fortaleceu as defesas e permaneceremos unidos nesta causa. As reuniões e os ofícios foram e são necessários. A luta continua. A Embasa também fará audiências públicas nas cidades explicando para população tudo o que está ocorrendo e as soluções possíveis. A Embasa fez uma excelente apresentação da situação atual e dos projetos, garantido que serão prosseguidos os projetos e obras para implantação do Sistema de Captação de água da Barragem de Pedra, a médio prazo e a curto. Conseguimos juntos que a Embasa disponibilize  carros-pipas nas duas cidades para atender, provisoriamente os usuários, serão perfurados  novos poços”, disse Cezarino.

A reunião reuniu os deputados Federais Marcelo Nilo (PSB); Jorge Solla (PT); Antonio Brito representado pelo pai, Edvaldo Brito e pelo vice-prefeito de Itiruçu, Júnior Petrúquio; das prefeitas de Itiruçu, Lorenna Di Gregório; Mariane Fagundes, Lajedo do Tabocal; além dos vereadores de Itiruçu, Helinho e Paulinho; e de Lajedo José Wilson.

No final, ficou definido junto aos eleitos e reeleitos, além das prefeitas, que a agenda da falta d’água deve ser levada com urgência ao governador Rui Costa.  O ex-prefeito Aílton Cezarino, organizador da ideia de Coalizão, recebeu dos envolvidos congratulações pelos resultados alcançados, mas disse: “A partir de agora esta união deve continuar. Lorena e Mariane são duas prefeitas importantes que abraçado à ideia detém de poder para nos representar. Nossos deputados já nos garantiram que suas agendas estarão pautadas com nossos problemas. Isso nos garante tranquilidade, mas não podemos adormecer. é continuar sem desagregar apoios que os resultados o povo irá sentir.”


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas