Mulher acusada de liderar quadrilha de roubos a celulares em Jaguaquara foi transferida para presídio de Jequié

Roberta Nunes Aragão, presa na última semana em Jaguaquara, acusada de chefiar uma quadrilha de roubos a celulares na cidade, após investigações da polícia civil local, foi transferida nesta segunda-feira (29) para o presídio de Jequié.  Pesa contra Roberta a acusação de corrupção de menores usados para roubar celulares de  transeuntes  em Jaguaquara. De acordo com a Polícia, alguns aparelhos recuperados já foram entregues às vítimas.

 

As investigações continuam sendo feitas por investigadores da Polícia Civil para que chegue ao  restante da quadrilha.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas