Morre mais um suspeito de participar de morte de tenente em Salvador

Um terceiro homem apontado pelo polícia como suspeito de envolvimento na morte de tenete da PM Mateus Grec, foi morto em troca de tiros com a polícia na noite de sábado, 18, no bairro do Arraial do Retiro, em Salvador. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito foi baleado durante uma operação no bairro que aconteceu após a corporação receber informações pelo disque-denúncia. No local, um homem teria atirado contra os agentes e morreu no confronto.

A identidade do suspeito não foi revelado, mas a PM informou que ele tinha 24 anos e era foragido do sistema prisional após sair do conjunto penal com o benefício de saída temporária e não retornado. Na última quarta-feira, 15, outros dois homens suspeitos de participarem da morte do tenente da Rondesp foram mortos durante confronto com a polícia na madrugada desta quinta-feira, 15, no bairro de Sussuarana, em Salvador.

Mateus Grec foi morto no último domingo, 12, durante ronda na Rua Araçatuba, no Alto do Cruzeiro. Na ocasião, ao lado de policiais da 58ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) e da Rondesp ele foi surpreendido por um grupo com dezenas de homens armados. O tenente, de 35 anos, foi baleado na região do tórax, socorrido ao Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu e acabou morrendo.

“Nossas equipes foram atacadas por um grupo de cerca de 20 a 30 homens armados, com armas de fogo semiautomática e automáticas.Durante esse enfrentamento, o tenente Mateus Grec veio a ser atingido e veio a óbito. Foi atingido na abertura do colete a prova de balas, lateralmente”, disse à TV Bahia o major Valdino Sacramento. Com informações do Atarde.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas