Missa de 7° dia de Campos reúne autoridades em Brasília

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.Oh9L0KvXzL

A missa de sétimo de Eduardo Campos, ex-governador de Pernambuco morto em acidente aéreo em Santos (SP), foi realizada nesta terça-feira (19) por volta das 12h20 na Catedral de Brasília. A homenagem lotou o local e reuniu políticos e autoridades, além de simpatizantes do presidenciável. A direção do PSB colocou um banner com a fotografia de Campos na nave da igreja. A provável candidata do partido à Presidência, Marina Silva, compareceu à missa acompanhada do deputado Walter Feldman (PSB-SP) e do candidato do PSB ao governo do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg.

A ex-senadora, que é evangélica, entrou na catedral sem falar com a imprensa. Durante a cerimônia, os nomes das sete vítimas do acidente aéreo foram lembrados. Além de Campos, perderam a vida na queda do jato particular o fotógrafo Alexandre Severo e Silva, o assessor de imprensa Carlos Augusto Leal Filho, conhecido como Percol, o assessor e ex-deputado federal Pedro Valadares Neto, o cinegrafista Marcelo de Oliveira Lyra e os pilotos Geraldo Magela Barbosa da Cunha e Marcos Martins. Informações do G1.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas