Mineradora degrada área de rio que abastece Jequié

rio
Na Km 13  da BR 330 conhecida como região do Cajueiro, uma mineradora está fazendo enormes buracos em áreas de remanescentes  da Mata Atlântica e de influência do Rio Preto do Criciúma, manancial que abastece Jequié.
Nesta região, que tem várias nascentes  e córregos d água (que é uma verdadeira caixa d´ água), uma mineradora que os moradores não sabem  o nome está “pesquisando” um mineral que os habitantes da localidade também desconhecem o tipo,  mas que tem causado impacto ambiental e transtornos para a população. Uma moradora informou que devido a escavação uma pedra chegou a rolar e por pouco não danificou sua residência. Ela reclamou e o representante da mineradora arrogantemente disse “vai reclamar para o juiz”. O buraco enorme pode ser visto à distância.
O Grupo Ecológico Rio das Contas – GERC está encaminhando denuncia tanto para o Ministério Público Estadual quanto para o federal. Vai solicitar também que na próxima reunião do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio das Contas convoque a direção de fiscalização do Inema para que para que o órgão do estado passe efetivamente a fiscalizar este e outros danos ambientais e possa punir os degradadores ambientais,que a cada dia passa por cima da legislação ambiental.
Por Domingos Ailton
Presidente do GERC

Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas