Mesmo com crescente em casos de Covid-19, Jaguaquara e Jequié discutem em reabrir comércios

Sem uma vacina que ajude combater os efeitos do novo coronavírus, voltar a normalidade depois de ser testado o isolamento social não será fácil.  O resultado de diminuírem a circulação de pessoas não ruas permitiu que menos pessoas fossem infectadas ao mesmo tempo, sendo possível, ao menos na Bahia, equipar o sistema de saúde para tratar casos graves do covid-19.

Por outro lado, existe uma pressão de comerciantes e de igrejas para que sejam flexibilizadas as medidas de isolamento com foco em lucros e na economia. Os prefeitos sofrem a pressão de também diminuírem arrecadações, mas estão recebendo recursos para ajudar nas medidas em seus municípios de igual forma em proporcionalidade.

Casos em Jaguaquara

Jaguaquara teve até hoje 901 pessoas acompanhadas, sendo confirmadas 30 casos positivos e ainda aguarda 11 resultados de exames. 14 pessoas estão recuperadas.

Casos em Jequié

A cidade de Jequié a cada dia só cresce os números, sendo 401 casos confirmados (pessoas que testaram positivo para Covid-19), destes, 148 casos foram recuperados. Foram registrados 26 óbitos (sendo 13 por residência; e 13 por ocorrência).  1044 casos suspeitos (pessoas que apresentaram sinais e sintomas de síndrome gripal e foram notificados para Covid-19), sendo

613 casos descartados (pessoas que testaram negativo para Covid-19. Mais 30 pessoas estão

aguardando resultado (pessoas que realizaram o exame e aguardam o resultado).

Outros municípios que ainda não tiveram casos pensam em reabrir o comercio depois do dia 15, caso não confirmem casos, é a situação de Itiruçu, que prometeu novas medidas de flexibilização para reabertura de bares e igrejas.

Resta saber se, nestes casos, os municípios irão assegurar que todas as medidas de higienização estarão sendo acolhidas pela população, já que elas também são eficazes para evitar o contagio.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas