MEC tem menor gasto da década na educação básica

O gasto do Ministério da Educação (MEC), em 2020, com Educação Básica foi o menor da década. É o que aponta o 6º Relatório Bimestral da Execução Orçamentária do MEC, produzido pela ONG Todos Pela Educação e divulgado neste domingo, 21.

O estudo faz um balanço de 2020 e traz as perspectivas para 2021 sobre o andamento das políticas públicas educacionais. Sem a ação do Governo Federal, mais de 6 milhões de alunos chegaram ao fim do ano sem acesso às aulas, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Além disso, o país foi um dos que teve as escolas fechadas por mais tempo no mundo durante a pandemia da Covid-19. Foram 40 semanas durante a pandemia, praticamente o dobro do tempo visto nos outros países (22 semanas). A conclusão é de um relatório divulgado em janeiro pela Unesco.

Em 2020, o Ministério da Educação destinou R$ 42,8 bilhões para educação básica, 10,2% menor na comparação com o ano anterior, e gastou R$ 32,5 bilhões. Já o orçamento geral da pasta (R$ 143,3 bilhões) foi o menor desde 2011.


Comentários

Deixar uma Resposta


Notícias Relacionadas