Marcas e Mentes: uma questão de posicionamento

RosivalBio

Segundo os autores Al Ries e Jack Trout, o posicionamento de um produto na mente de um cliente potencial ainda constitui a estratégia mais importante no ambiente dos negócios. A Kodak em fotografias. A IBM em computadores. Havaianas em sandálias. Xerox em copiadoras. Coca-Colaem refrigerantes. General Eletric em produtos elétricos. Bombril em palha de aço. Gillette em lâmina de barbear. OMO em sabão em pó.

Por que estas marcas são as primeiras lembradas na mente do consumidor?

Todas foram as primeiras na mente do consumidor, em suas respectivas categorias. A primeira empresa que penetra na mente, com um novo produto ou uma nova ideia, irá tornar-se famosa. Quem chega primeiro tem, em princípio, mais chances de permanecer no topo, principalmente quando a marca se confunde com o produto, a exemplo do que ocorre com Bombril, Xerox ,e Gillette.

Uma questão de posicionamento. A ideia de penetrar inicialmente em primeiro lugar na mente de um cliente potencial.

Sua empresa deve estabelecer uma posição na mente do cliente potencial para ter sucesso em uma sociedade com excesso de comunicação. Se a marca da sua empresa não está sendo lembrada pelo cliente, sob o aspecto pessoal, político e corporativo, evidentemente que a empresa tem um problema de fraco posicionamento.

A maneira mais fácil de penetrar na mente de uma pessoa consiste em ser o primeiro. A Coca-Cola foi a primeira com uma bebida do tipo cola. A Kodak, com a fotografia de custo reduzido. A Xerox, com a copiadora . O fator essencial para manter esta posição constitui a forma de reforçar o conceito original.

O marketing de hoje é a batalha pela mente do consumidor. O objetivo é sempre concentrar as estratégias para colocar na mente do consumidor uma identidade clara de um determinado produto, seja ele tangível ou intangível, e a marca que conquistar um maior número de mentes, e por mais tempo será a vencedora.

A Skol é a marca de cerveja favorita no Brasil, e tem ajudado a AMBEV permanecer na liderança no segmento de cerveja. As principais novidades criadas pela Skol nos últimos anos tem contribuido para manter a sua posição de líder.

Qual foi a primeira cerveja em lata lançada no Brasil? A Skol, que atualmente alcança um market share de 32%, assumindo o primeiro lugar no mercado de cervejas. Com uma estratégia de inovação permanente, foi a primeira a lançar latinhas de 269 ml em dezembro de 2008, até, então, a bebida só era vendida nas latas de 350 ml e 500 ml. Foi também a primeira no lançamento da garrafa bigneck, com o gargalo mais largo e tampinha de rosca.

Recentemente, depois de realizadas pesquisas com o público jovem, os executivos da Skol perceberam que a maior resistência ao consumo de cerveja estava na sensação de “ estufamento”.Agora vem com um novo lançamento em todo o Brasil, a Skol 360, a cerveja que não “ estufa” no estômago.

Na criação de estratégias de Inovação, além de desenvolver novas bebidas, é recomendável criar embalagens diferentes e táticas alternativas para ficar mais próximo do seu consumidor. Inteligentemente, a Skol amplia sua popularidade nas redes socias ( Twitter, Facebook), por meio de iniciativas inéditas na Internet, chegou a patrocinar ao vivo um show com artistas sertanejos pelo You Tube, que foi visto por 6 milhões de pessoas.

Entender e saber utilizar o poder da WEB faz a toda a diferença. Manter a estratégia de inovação é fundamental para que um produto se mantenha em primeiro lugar na mente dos consumidores. Junto com a Inovação, a Skol sabe se comunicar muito bem com o seu público-alvo, os consumidores jovens, com uma linguagem irreverente criando a campanha ” a cerveja que desce redondo”, assumindo a liderança do mercado de cervejas em 1998, permanecendo no pódio até os dias atuais.Detalhe: enquanto não alterar o sabor, a Skol deve continuar na liderança.

Leia mais artigos no site  www.rosivalfagundes.com.br


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas