Maracás: Veículo roubado em Jaguaquara é recuperado durante ação da 93ª CIPM; 01 elemento tombou ao revidar ação da PM

Polícia recuperou Veículo roubado.

Na noite do último sábado, dia 09, foram denunciadas a 93ª CIPM de Maracás, três homens indicados pelos prenomes de Patrick, Maicon e Dejavan, estariam  planejando efetuar  roubo a um veículo na cidade de Jaguaquara. De imediato, o coordenador de área e uma guarnição do PETO deslocaram-se até a cidade de Itiruçu, montando campana nas proximidades da BA-250, sendo informado também ao coordenador de área da 3ªCIA/19 BPM sobre a ocorrência.

De acordo com as informações, por volta de 22h00min de sábado, a guarnição do PETO notou  atitudes suspeitas de um gol, cor branca, que transitava em alta velocidade pela BA-250, sentido Maracás, sendo tal veículo acompanhado por um GM Vectra, cor Prata, carro citado na denúncia.  Assim, os militares passaram a fazer o acompanhamento, objetivando abordar os veículos suspeitos. A ação da Polícia foi  notada pelos criminosos,  que empreenderam fuga, sendo apenas alcançado o Vectra já nas imediações da Empresa Brandão Filhos, em Itiruçu. O veículo era conduzido por DEJAVAN, vulgo “NENEM”, um dos citados na denúncia. Assim, foi dado voz de prisão a NENEM pelos militares, os quais continuaram na perseguição do gol, mantendo contato com as guarnições de serviço em Maracás para que montassem um bloqueio nas proximidades do Motel Lua Nova, principal entrada da cidade via BA-250.

Segundo a PM, Maicon dirigia veículo roubado.

Segundo relatos da 93ª CIPM, ao avistar a barreira policial, o condutor do gol empreendeu alta velocidade, furando o bloqueio e efetuando disparos de arma de fogo contra os policiais militares, os quais revidaram a injusta agressão. O condutor e o passageiro conseguiram abandonar o veículo e adentraram em um matagal as margens da BA 250. Buscas foram realizadas durante a madrugada de sábado para domingo.  Na manhã de domingo, dia 10,  Maicon (condutor do Veículo Roubado) deu entra no Hospital Álvaro Bezerra, confessando ser um dos envolvidos ao roubo do veículo na cidade de Jaguaquara. No revide a injusta agressão, Maicon foi atingido com um disparo de arma de fogo na perna, sendo transferido para o hospital Prado Valadares, em Jequié.

Quanto a Dejavan e o veículo roubado, bem como o veículo que prestou auxílio para o roubo, foram apresentados a Central de Flagrantes na cidade de Jaguaquara.

Auto de resistência.

Patrik tombou ao revidar ação da PM.

Na tarde desta terça-feira (12) a Vara Crime de Jaguaquara decretou a prisão preventiva de Patrick Pires. Objetivando o cumprimento do mandado de Prisão, foi realizado levantamento sobre o paradeiro do fugitivo. Assim, uma guarnição do PETO deslocou-se até uma residência localizada a Rua Sete, Ayrton Senna, em Maracas.  Ao realizar o cerco, os  militares adentraram a residência, anunciando a presença da Polícia Militar, contudo Patrick estava homiziado em um dos cômodos, não atendendo a voz de prisão, efetuando disparos de Arma de Fogo contra os policiais, havendo de imediato o revide.  Após sessar a agressão, os militares notaram que Patrick tinha sido atingindo, sendo imediatamente prestado o devido socorro até o Hospital Álvaro Bezerra, mas o elemento não resistiu, sendo constatado o óbito pelo médico plantonista. Patrick ja respondia pelo Art. 121 C.P.B ( Homicídio) na Cidade de Maracas. Salienta-se que todos os envolvidos foram reconhecidos pela vítima do roubo ao carro em Jaguaquara. O auto de resistência foi lavrado na DT de Maracás.

 

Na operação a Polícia acabou detendo: Dejavan Jesus dos Santos; Benivan Maycon Pereira Machado Reis.  Patrick Pires Carmo dos Santos, 19 anos, natural de Camaçari, morreu ao trocar tiro com a PM.

O Material apreendido foi: Veículo VW,gol, Branco, placa PJO 9008, Licenciado de Jaguaquara/BA; Veículo GM/Vectra, Cor Prata, Placa JRL 4532, licenciado de Minas Gerais, contudo com Placa de Feira de Santana; 2 porções pequenas de substância análoga a Cannabis Sativa ( Maconha); Um soco Inglês, popularmente conhecido como “Soqueira”; Um Simulacro de Arma de Fogo; Uma quantia de R$ 270, em espécie; e um revólver, calibre 38, com numeração suprimida, bem como 5 munições, dessas 2 percutidas, 1 picotada e 2 intactas.

Disque denúncia
PETO/93º CIPM

(73) 99114-9152
(73)3533-2160


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas