Luiz Argôlo está apto para as eleições

luizagolo

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados não conseguiu quórum mínimo para realizar, nesta quarta-feira (1º), a sessão que definiria o futuro político do baiano Luiz Argôlo (SD).

Candidato à reeleição como deputado federal pela Bahia, Argôlo é acusado de quebra de decoro parlamentar por seu envolvimento com o doleiro Alberto Youssef. Com o adiamento da sessão, o postulante se mantém apto a concorrer o pleito do próximo dia 5 de outubro (domingo).


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas