Justiça eleitoral inocenta vereador por compra de votos em Itiruçu

Foto/Blog Itiruçu Online
Foto/Blog Itiruçu Online

Em 2012, após as eleições municipais, o vereador Alexandre Maimone (PC do B) o ex-prefeito Carlos Roberto Martinelli e sua então candidata a vice na chapa Majoritária, Dra. Lorena Moura de Gregório, foram processados por compra de votos, em acusação formulada pela Coligação União da Renovação com o Desenvolvimento, vencedora do pleito.

No último dia 15 deste mês, janeiro de 2015, a juíza derrubou o parecer do Ministério Público que opinava pela perda do mandato (no caso do vereador eleito, Alexandre) e dos direitos políticos dos acusados por crime eleitoral, em uma das representações reclamada pela Coligação adversária.

A decisão inocente os acusados no primeiro processo, denominado de AIJE, restando à publicação de decisão em outro processo que os acusam de Corrupção Eleitoral. A Primeira decisão inocenta, além dos acusados, a participação da empresa Casa Brito como entregadora de materiais para pagar eleitores em troca de votos. O Advogado de defesa do vereador acredita que o processo será favorável pela ausência de provas concretas contra o edil.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas