Jequié registra o 12º caso positivo para Coronavírus e cidade debate fechamento do comércio

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, informa, nesta sexta-feira, 17, a ocorrência de mais três casos positivos de Covid-19, no município. Duas mulheres, de 33 anos e 73 anos e um homem, de 35 anos que tiveram seus materiais coletados na quinta-feira, 16, receberam o resultado enviados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN), em Salvador, tendo sido positivados 8 casos, somente neste dia, e um total de 12 casos positivos de Covid-19 na cidade, desde o começo da pandemia.

A Secretaria Municipal de Saúde informa que os casos da desta sexta-feira foram originados pelos contatos domiciliares com os profissionais de saúde que testaram positivo. Como todos apresentaram sintomas leves da doença, não foram encaminhadas para a internação hospitalar, permanecendo em isolamento domiciliar desde a terça-feira, dia 14, quando souberam dos resultados positivos de seus familiares, seguindo os protocolos recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde. A Secretaria Municipal de Saúde continua monitorando todos os casos suspeitos e os que estão em isolamento domiciliar, assim como vem mapeando os casos confirmados, para que qualquer indivíduo que teve contato com pessoa contaminada seja acompanhada pelas equipes da Vigilância Epidemiológica e da Assistência à Saúde.

A pessoa que tiver dúvida sobre a doença ou apresentar os sintomas do coronavírus, devem acionar o Disque Covid Jequié, através dos telefones (73) 98866 2779 ou (73) 98866 2164.

A cidade voltará a debater o funcionamento do comércio local. O Ministério Público estadual, por meio dos promotores de Justiça Rafael de Castro Matias e Juliana Rocha Sampaio, solicitaram à Justiça que obrigue o Município de Jequié a revogar o Decreto nº 20.402, de 8 de abril, que autoriza o funcionamento de atividades tidas como não essenciais na cidade. Na Ação Civil Pública (ACP), os promotores pedem que a Justiça determine o fechamento dos estabelecimentos e a suspensão de todas as atividades não essenciais, enquanto persistir a necessidade de medidas restritivas.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas