Jequié registra casos de Gripe H1N1 e Prefeitura diz que continua vacinação nas Unidades de Saúde

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, informa que em Jequié, até o último sábado, dia 12, foram notificados casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com pacientes apresentando falta de ar intensa e um quadro de pneumonia, com necessidade de apoio hospitalar. Dentre esses casos, somente dois confirmaram-se para Influenza, pelo subtipo A H1N1, não havendo nenhum óbito registrado. A Secretaria de Saúde ressalta que vem realizando a vigilância dos casos com as Unidades de Saúde do município e reforça que a principal forma de prevenção é a imunização através da vacinação que vem sendo realizada em todas as Unidades de Saúde da Prefeitura, que estão abastecidas com a vacina que previne os três tipos de Vírus: Influenza A H1N1, H3N2 e Influenza B.

 

Os grupos prioritários a serem vacinados, de acordo com recomendações do Ministério da Saúde são: crianças de 6 meses a menores de 5 anos; gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores de Saúde; povos indígenas; indivíduos com 60 anos ou mais de idade; população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional; professores da rede pública e privada; pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis; pessoas portadoras de outras condições clínicas especiais (doença respiratória crônica, doença cardíaca crônica, doença renal crônica, doença hepática crônica, doença neurológica crônica, diabetes, imunossupressão, obesidade, transplantados e portadores de trissomias).

 

Clinicamente, a doença inicia-se com febre, em geral acima de 38°C, seguida de dor muscular e de garganta, debilidade física, dores de cabeça constantes e tosse seca. A febre é o sintoma mais importante e dura em torno de 3 dias. A gripe Influenza se não tratada a tempo pode evoluir para pneumonia ou outras complicações, principalmente nas pessoas com mais de 60 anos, crianças menores de cinco anos, gestantes e doentes crônicos.

A Secretaria de Saúde também orienta para outras medidas que são importantes para a prevenção da doença:

Lavar e higienizar as mãos com frequência;

Não compartilhar objetos de uso pessoal como talher, copo e garrafa;

Evitar tocar mucosas do olho, nariz e boca;

Ter boa alimentação e beber bastante líquido;

Evitar contato com pessoas que estejam com sintomas da gripe,

Manter a casa bem arejada.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas