Jequié: Câmara rejeita denúncia contra prefeita e processo é arquivado

Camara1

Os vereadores da bancada de oposição na Câmara de Jequié não obtiveram os 13 votos necessários para que fosse aceita e tivesse prosseguimento a apuração da denúncia de infração político-administrativa contra a prefeita Tânia Britto (PP), apresentada por Luciano Silva Santos. A denúncia fundamentada na prática de atos atentatórios à integridade financeira e atual do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Jequié (IPREJ), foi colocada em pauta na sessão desta terça-feira (3/5), obtendo nove votos favoráveis, sete votos contrários e uma abstenção. Os vereadores Deyvison Batista (PHS) e Dr. Wanderley (PTN) estiveram ausentes.

Plateia

Por não ter obtido 2/3 dos votos dos membros da Casa, a denúncia foi rejeitada decidindo-se pela sua extinção. Caso a denúncia fosse recebida e aprovada seria constituída uma nova Comissão processante com três vereadores sorteados entre os desimpedidos para investigação dos fatos alegados. O relatório final seria levado a plenário e poderia resultar no afastamento da prefeita pelo prazo de duração do processo ou no máximo por 90 dias. *Informes do  Jequié Repórter,


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas