Jaguaquara: Jovem da zona rural que aguardava por leito de UTI morre enquanto era transferida

Paciente faleceu enquanto era transferida. Foto: Blog Marcos Frahm

Uma jovem oriunda da localidade de Itíuba, na área rural de Jaguaquara, que teria dado entrada no Centro de Saúde do bairro Murutiba [unidade de saúde que substitui o Hospital Municipal que está fechado para reforma] foi a óbito na noite esta quarta-feira (22), quando era transferida para o Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié.

A jovem, de 18 anos, que aguardava por um leito de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) era cardíaca e apresentava complicações quando foi transferida após o município conseguir vaga no HGPV, mas faleceu durante o trajeto, na BR-116, enquanto era transferida de uma ambulância de Jaguaquara para uma Unidade de Suporte Avançado (USA), que a levaria até Jequié.

Vale salientar que o Prado Valadares enfrenta superlotação de leitos em decorrência do número crescente de casos de Covid-19 e as prefeituras da região encontram dificuldades na regulação e transferência de pacientes, inclusive com outras enfermidades, que foi o caso da moradora de Jaguaquara – situação que revela a importância de prevenção contra o vírus, pois já são claros os sinais de colapso na saúde pública em todas as regiões. Já são 801 casos do vírus no município, com o registro de 07 óbitos.*Com informações  do Blog do Marcos Frahm.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas