Itiruçu: Presidente da Câmara consegue implantação de Fábrica de costureiras

A Associação de Costureiras de Lajedo do Tabocal tem ganhado destaque na Bahia pela geração de emprego e renda e um exemplo para associativismo para outros municípios.  Ela vive com o propósito de produção de confecção industrial, com o intuito de resgatar a autoestima e dar sustentabilidade socioeconômica a mulheres e jovens, que se encontram em situação de vulnerabilidade social devido a grave falta de emprego.

O presidente da Câmara de Itiruçu, Nino Mota (PSD), visitou o grupo nesta sexta-feira (23), onde reuniu-se com o Sr.  Luciano e a senhora Mariângela Borges, sócio e gerente da Fábrica de Costuras de EPIs.

Segundo o vereador, em ligação ao Itiruçu Online, sua visita visa a busca do projeto para Itiruçu, de onde espera ajudar na geração de emprego e renda.  “Já conversei com a prefeita Lorenna sobre o assunto e o município já viabilizou o local para a instalação de um grupo na cidade na antiga escola Luiz Viana Neto.  É um sonho realizado conseguir abrir uma filial aqui em Itiruçu. Estamos caminhando bem e em breve terá novas novidades”, disse o vereador.

A remuneração é por produção; paga-se o consumo de energia, água e materiais de limpeza, o restante é dividido entre a equipe, numa parceria com o município de início deve ajudar a evoluir o projeto, que incluirá pessoas que já tenham máquinas de costuras e quem quiser aderir.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas