Itiruçu poderá estar na lista de fraudes do Ministério do Turismo


Supostas fraudes nas justificativas do projeto apresentadas pela Prefeitura de Itiruçu para o Ministério do Turismo podem fazer com que o bairro Graciliano Fraga fique sem calçamento de suas ruas. O projeto originou-se de uma emenda parlamentar do Deputado Federal Nelson Pelegrino (PT), segundo o próprio prefeito Carlos Roberto Martinelli Iervesse, numa das sessões do legislativo. De acordo com a documentação, a prefeitura teria informado ao Ministério do Turismo que o referido bairro se encontrava nas proximidades da nascente do Beija-flor, sendo uma contradição com a verdade, pois as ruas são distantes e não dão acessos a referida nascente e nem tão pouco a alguma área enquadrada no perfil turístico. Segundo informações, já existem denuncias no Ministério Publico e na Caixa Econômica Federal pelos dados falsos. Estas denúncias em Itiruçu envolvendo o Ministério do Turismo foram apresentadas antes de ser descoberta a fraude no âmbito federal, que envolveu até mesmo o nome do ex-aliado do prefeito de Itiruçu nos anos de 2002 e 2008, o ex-deputado federal Colbert Martins. O ex-deputado, segundo informações veiculadas na mídia nacional, é citado no inquérito da PF por ter supostamente assinado um dos quatro repasses de recursos do Ministério do Turismo para o Instituto de Desenvolvimento e Infraestrutura Sustentável (Ibrasi).
Matéria publicada no Itiruçu Notícias e repercutida na Bahia


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas