Itiruçu: Mulher internada com sintomas avançados de doença precisa ser transferida; quadro é delicado

Foto/ Itiruçu Online.

 

Uma mulher de 33 anos, internada com sintomas de cirrose hepática no Hospital de Itiruçu, precisa ser transferida para algum hospital de maior complexidade que trate a doença. A família dela é de São Paulo, mas a mulher vive com o companheiro na cidade de Itiruçu, para onde se transferiu há 08 meses.

 

A mulher chegou a ser encaminhada a Unidade Hospitalar de Itiruçu por diversas vezes e sempre recusava o atendimento médico quando a equipe iria buscá-la, de acordo com relatos ao Itiruçu Online. Na noite deste último domingo (07), uma pastora da cidade, Silvana, visitou a enferma e vendo à situação piorada, onde a mulher gritava de dores dentro e casa, acionou uma Unidade Médica do Hospital para encaminhá-la a um leito, sendo a mulher levada por uma equipe. A mesma Unidade médica foi recusada pela enferma na tarde de domingo.

 

A enferma não tinha documentação pessoal para maiores procedimentos no sistema, apenas na tarde desta segunda-feira (08) que a pastora junto à secretaria de saúde conseguiu obter alguns dados pessoais, depois de encontrar o Cartão SUS da enferma. O quadro clínico é bastante complicado e os sintomas da doença avançados. A enferma é cuidada por familiares do companheiro.

 

A questão é que a Unidade Hospitalar de Itiruçu não atende casos de alta complexidade e precisa de suporte maior, até em caso de transferência. É o pedido de socorro: alguém que possa ajudar conseguir vaga em uma Unidade Maior.

 

Cobrada em rede social como omissa ao caso, a Secretaria de ação social de Itiruçu informou ao Itiruçu Online que desde a primeira vez que a mulher foi levada ao Hospital, em dezembro, que a equipe fez acompanhamento com medidas necessárias, mediante ter sido acionada pela direção hospitalar. Nesta segunda-feira (08) uma equipe da secretaria visitou a mulher no leito hospitalar e garantiu que se encontra à disposição para ajudar a mulher. Agora tenta localizar parentes.


Comentários

Deixar uma Resposta


Notícias Relacionadas