Itiruçu: Homem é condenado a 17 anos de prisão por ter assassinado irmão  com golpe de foice

Edmilson foi condenado a 17 anos de prisão por ter matado o irmão com golpe de foice.

Justiça feita. Preso acusado de ter matado o irmão a golpe de foice, Edmilson Souza, 35 anos, foi condenado em Júri realizado nesta última quinta-feira (03), na cidade de Itiruçu, a 17 anos de prisão em regime fechado.

O crime ocorreu no dia 16 de janeiro de 2018, quando o corpo de Edvan Santana Souza, de 35 anos, foi encontrado em sua residência com golpes de foice na nuca.  Inicialmente, a hipótese era de suicídio, mas as investigações da Polícia apontaram para crime de homicídio cometido pelo irmão da vítima, Edmilson Souza, 34, sendo Edmilson Souza detido após cumprimento de mandado de prisão expedido pela Justiça de Jaguaquara.

À época, a delegada titular da Itiruçu, Dra. Maria do Socorro Damásio,  com o apoio da IPC Inailza Cajaiba e a EPC Dinalva Barbosa Pires, interrogaram o acusado Edmilson Santana Souza quando esteve preso no xadrez da delegacia de Itiruçu,  por força de prisão temporária, após o uso de técnicas de interrogatório, cruzamento de informações e depoimentos,  o acusado Edmilson Santana Souza confessou o crime de homicídio ocorrido contra o seu irmão, Edvan Santana Souza, relatando  que antes de matá-lo,  havia brigado com ele e, logo após,  de posse de uma foice pequena desferiu um golpe no pescoço de Edvan quando esse caiu sobre a cama. Edmílson admitiu que Ele e o irmão brigavam muito quando bebiam.  Ainda de acordo com a Polícia Civil, após o crime Edmílson jogou a foice pequena numa fossa existente na residência. O crime se deu por motivo fútil.

Edmilson segue preso no Conjunto Penal de Jequié, onde já cumpre pena desde que foi preso preventivamente.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas