Itiruçu: em entrevista, prefeito garante mudanças e diz que doará salário para prefeitura em novembro.

Fotos/Blog Itiruçu Online

Fotos/Blog Itiruçu Online

A sociedade de Itiruçu foi surpreendida nesta quinta-feira (16) com a notícia da exoneração coletiva de praticamente todos os secretários e chefes da Prefeitura de Itiruçu, além de cargos indicados por lideranças políticas. O prefeito Wagner Novaes (PSDB) não poupou nem o emprego de sua esposa Marlete Novaes, que ocupa o cargo de Secretária de Ação Social e de quebra ainda afirmou em entrevista ao Blog Itiruçu Online que fará a doação de seu subsídio do mês de novembro para a prefeitura, em ato assinado e depositado em conta do município para comprovar a doação. Dentre os assuntos pautados estiveram: reforma da equipe de governo, Piso Salarial dos Professores e resultados das eleições.

Confira abaixo:

Itiruçu Online: prefeito, apesar de nos últimos dias o Sr. ter anunciado uma serie de mudanças em seu governo, hoje foi anunciado apenas ajustes financeiros com a demissão em massa de seus secretários e chefes.  O que o levou a tomar essa medida? Ainda haverá reforma administrativa?

Wagner Novaes:

– Na verdade nós tínhamos que tomar uma posição, pois o dinheiro que o município recebe hoje não paga as contas.  É necessário fazer um alinhamento da receita com as despesas. Nessa questão, não tínhamos alternativas a não ser estudar uma postura eficaz para quitar todas as dividas.  Havia anunciado através deste Blog uma grande reforma e ela ainda vai acontecer, mas a principio, iremos exonerar todos os secretários e chefes, exceto alguns que manterão a funcionalidade do preenchimento de documentos. Essa medida é para enxugar as contas do município e, em seguida, quando em novas nomeações, é que irá acontecer realmente essa grande reforma através das transferências de cargos, por que como está não estou satisfeito e preciso tomar uma posição urgente nessa questão. As coisas não andam como gostaria que andasse. Por isso, fiz questão de conversar com os secretários e com todas as pessoas que estão nos cargos de confiança e chegamos a um denominador: suspender no mês de novembro todos os cargos com o objetivo de  equacionar nossa questão financeira, dando garantia de pagamentos em dias. Queremos  adentrar  em 2015 com mais segurança na gestão e que as coisas caminhe dentro do que a população merece: uma saúde, educação e social melhor. Nenhuma prefeitura está conseguindo andar com os recursos que o governo federal repassa para os municípios. A Lei de Responsabilidade Fiscal nos cobram ajustamento de contas, não tivemos alternativas a não ser de fato ajustar as contas.  Itiruçu vêm recebendo na pontuação de 0.8, em uma média de R$1.740.000,00. Nesses últimos quatros meses, nós perdemos essa receita de R$1.170.000,00 para em torno de R$1.500.000,00, então, se for somado 4 meses  de 200 mil, isso somará  uma diferença de 800 mil, é o que nós precisamos para buscar o equilíbrio e não ficar devendo a fornecedores nem a prestadores de serviços nem a funcionários. Tenho colocado que na prefeitura o primeiro lugar é os funcionários, segundo os fornecedores e terceiro são os investimentos.  Então, com isso, resumo dizendo: faremos demissão total de quase 100% dos  cargos de confiança.  Com essa demissão, que vai acontecer no dia 01 de novembro, durando apenas 30 dias, mas garanto que em dezembro quando esse pessoal retornar é que vai acontecer a grande mudança, mas no momento o objetivo é enxugar o financeiro e no início de dezembro faremos a reforma que já é esperada como grande entusiasmo pela população de Itiruçu. Concordo que o povo quer mudança e do jeito que se encontra está tudo errado, precisamos de uma grande mudança- disse Wagner.

Itiruçu Online: o prefeito fez várias reuniões antes de anunciar as mudanças. Qual foi a posição dos vereadores, eles também abriram mão dos salários para ajudar a prefeitura? .

 

Wagner Novaes:

 DSC00266

– Subsídio de prefeito, vereador e de vice-prefeito, pela Lei,  não podem ser cortados. Irei fazer um termo doando para a prefeitura o meu salário do mês de novembro. Todos verão, pois será de forma transparente. Irei anexar o depósito com uma declaração. A Lei não permite que,  o salário de prefeito seja cortado, mas não é justo eu ficar com salário  quando meus  secretários e cargos de confiança irão perder os seus. Isso, como disse anteriormente, é um ajuste total para equilibrar nosso financeiro. Fico muito feliz, pois enquanto vejo prefeituras deverem  de 4 a 5 meses a fornecedores  e  funcionários, nós estamos rigorosamente em dias. Estamos fazendo isso perto de uma eleição, daí dá para vê que a responsabilidade está acima de qualquer coisa. Reunimos com todos os vereadores da base, os quais explicamos para cada um da necessidade e todos apoiaram.  Ainda terei a oportunidade de conversar com  os demais vereadores, tanto de oposição quanto os de situação. Iremos mostrar que a ação de ajuste foi com a necessidade de dá continuidade aos trabalhos de Itiruçu- pontuou o gestor.

Itiruçu Online: já que o Sr. diz que ainda haverão mudanças, em que setores elas acontecerão?

Wagner Novaes:

-Estou conversando com alguns  aliados políticos  e  com a equipe administrativa para fazermos as mudanças necessárias. Permaneço querendo extinguir duas secretárias para que de 09 delas fiquemos apenas com 07. E das 07, 04 ou cinco serão mudadas. Estamos buscando essa mudança, pois é necessário oxigênio novo, com pessoas novas e, iremos fazer essa mudança nos  70 a 80% dos cargos. Os que não forem substituídos serão transferidos no intuito de melhorar a gestão e continuar com o trabalho. Quero fazer isso tudo alinhado com a Câmara de Vereadores e com os aliados políticos- disse Wagner.

Itiruçu Online: sua gestão vive um momento delicado com a questão do Piso Salarial dos professores. Eles estão paralisando uma vez por semana. Como andam as negociações com a categoria?

Wagner Novaes:

– Estou muito triste com a APLB, pois ela está fugindo da responsabilidade, da qual, há 30 dias, em meu gabinete, assinou um documento que garantia não fazer greve enquanto a justiça não decidisse a questão do Piso Salarial. O FUDEB tem o dinheiro para pagar o Piso Nacional dos professores, mas existe  uma Lei ainda maior, que é a Lei de Responsabilidade Fiscal, onde impedi o município ultrapassar os 54% com pessoal. Em Itiruçu já estamos acima dos 60%. Como é que podemos aumentar salários se nosso índice crescerá para mais de 70%? Com isso, terei minhas contas rejeitadas e entrarei para a lista das pessoas  que não poderão se candidatarem a cargos públicos, não podendo  participar de administração nem realizar concursos públicos.  Conversei com a APLB e os professores do Sindicato Presentes, ambos, assinaram um documento dizendo que não iriam fazer greve ou paralisação enquanto não tivesse um parecer da justiça. Eles entraram com uma ação e eu garanti que, se a justiça decidir que devemos pagar, ou obrigar a fazer o pagamento, nós iremos pagar  de imediato, o que não fiz ainda apenas pelo índice de pessoal. Expliquei para eles, mas mesmo assim, não estão tendo a responsabilidade com os documentos que assinaram afirmando que não fariam greve.  Eles sabem que greve tem complicações também para eles e isso iremos cobrar na justiça a falta de respeito da APLB junto ao prefeito, a vice, aos vereadores e a todos que participaram da reunião. O Judiciário ainda não fez um pronunciamento que determinasse um parecer sobre essa questão. Acatarei o que a justiça decidir. Queria está pagando o piso, os professores merecem, mas estou travado com a questão do índice de pessoal- afirmou Novaes.

Itiruçu Online: o prefeito assumiu a coordenação de campanha do ex-governador Paulo Souto no Vale Jiquiriçá e mostrava entusiasmo. Afirmava que ele venceria em primeiro turno; o que não aconteceu. Afirmava também fazer um grande governo ao lado de Paulo Souto, mas agora que ele perdeu a eleição, como ficará a relação de Wagner com o futuro governador Rui Costa?

 

Wagner Novaes:

 DSC00263

– Cada um tem um lado político. Assumi o meu que é de oposição ao PT. Não concordo com  que o PT tem feito com o Brasil e com a Bahia em alguns setores. Estou  tranquilo, pois lutei muito como coordenador de Paulo Souto, perdi as eleições honrosamente, agora, deixo o meu amigo, Aílton Cezarino, junto ao governo para cuidar das ações de Itiruçu. Essa questão de eu apoiar Paulo Souto e ele Rui Costa não foi um caso premeditado, ele tinha a opção dele e eu a minha, concordamos mantendo o respeito um com o outro.  Espero que ele possa ajudar Itiruçu através do governador Rui Costa. Eu dizia que Itiruçu andaria a passos largos pelas mudanças que eu iria fazer e comecei a fazê-las através de um ato duro, mas necessário. Quanto à questão política, deixo para Aílton e Dra. Rita resolver junto ao governo do estado, ao lado do deputado Marcelo Nilo (PDT), que também foi meu candidato. Eles farão os pedidos necessários para que Itiruçu ganhe obras. Eu tinha certeza que Paulo Souto venceria as eleições, mas realmente não deu certo. Hoje eu afirmo e garanto: nosso Aécio Neves vencerá as eleições no dia 26 e será o futuro presidente do Brasil, se assim Deus Permitir- finalizou o gestor.


Comentários

2 Respostas para “Itiruçu: em entrevista, prefeito garante mudanças e diz que doará salário para prefeitura em novembro.”

  1. Avatar

    Jailson

    Aécio 45

  2. Avatar

    luzineia

    muinto bem prefeito trabalhe que vc e capaz mostre a todos que duvidam do seu governo que vc nao so fala ,fala e faz tambem ,se nao faz certo o direito e mudar mesmo sucesso nesta nova mudança desejo de todo coração uma excelente tarde

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas