Itiruçu: contrato de R$ 400 mil com advogados para buscar na Justiça cotas do FPM repercute no estado

wagneritirucu

Foto/Blog Itiruçu Online

A prefeitura de Itiruçu contratou o escritório Simas e Menezes Advogados Associados, de Salvador, no valor  de R$ 400 mil, segundo publicação do Diário Oficial, com a finalidade de buscar na Justiça cotas do FPM que, segundo o prefeito Wagner Novaes (PSDB), foram retidas indevidamente pela Receita Federal entre junho de 2012 e o dezembro que se finda.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas