Itiruçu: Chuva forte provoca estragos e prejuízos e deixa casal de idosos ilhados

Cosme perdeu móveis. Fotos Itiruçu Online.

Uma forte chuva que atingiu a cidade de Itiruçu, na noite desta sábado (03), alagou várias casas, comércios e deixou prejuízos aos moradores. Uma chuva de 02h00 fez com que a galeria de águas pluviais transbordasse. Famílias ficaram desabrigadas durante a noite e foram amparadas por familiares e amigos.

Na Praça Gilberto Scaldaferri, que recebe o volume de água do Bairro Santo Antonio, além de os sentidos da cidade, voltou a alagar lojas, supermercados, derrubar muros, arrastar veículos e alagar residências na Rua Manoel Cerqueira, no Bairro Antonio Souza Leal, onde, historicamente coexiste  problemas de acumular grande volume de água e causar prejuízos aos moradores. Na residência do casal Douglas e Lourdes, eles perderam todos os moveis da casa, documentos pessoais, remédios  e viveram momentos de agonia com a água invadido a residência.

“A gente ver na televisão o desespero das pessoas e quando passamos não imaginamos como isso é ruim. Na hora que vi a água subindo dentro de casa não tinha como tirar meu esposo, a única coisa que fiz foi abraçar e segurar ele. Pensamos até em chamar à polícia para nos socorrer temendo morreremos afogados. Foi muito ruim passar por tudo isso. Ficamos ilhados”, relatou dona Lourdes ao Itiruçu Online. Na residência mora três pessoas, sendo dois idosos, que estavam sozinhos na hora da chuva. “Vi meus pais passar por esses problemas de enchente aqui, perderam praticamente tudo. Ninguém da Rua recebeu sequer uma visita do pessoal do poder público ao menos para se solidarizar com o momento trágico e saber se necessitam de algum tipo de auxílio.  Até quando irão viver com problemas assim?”, questionou a filha do casal , Lúcia, que mora há 500 metros do local.

Na mesma Rua e vítima frequente das fortes chuvas, o motorista da prefeitura, Cosme Barbosa, mais uma vez perdeu todos os móveis. Ele fez questão de mostrar os pontos da residência e os colchões encharcados, perdidos com a água do esgoto, além de camas, sofá e guarda-roupas.  A água chegou aos 75 cm dentro de casa, causando prejuízos.

Itiruçuzinho

A chuva derrubou parte do muro do estádio de futebol e logo cedo, para proteger o gramado, uma equipe da prefeitura foi cercar o local temendo que o gado invadisse o campo para comer a grama do campo. Em alguns pontos parte do calçamento foi arrancado pelas enxurradas. Em outros bairros residências também foram invadidas pelas águas, em menor proporção de prejuízos.

Em frente ao estádio de futebol, em quase todas as residências entraram água. A força da água derrubou muros e alagaram Ruas. As cenas desde a madrugada foram de desespero e muitas pessoas relataram ao Itiruçu Online que ainda não tiveram como dormir limpando a lama de dentro de casa. Em uma das residências, o morador fez questão de mostrar a quantidade de blocos e entulhos levados pela correnteza, o que reforça a importância de não jogar entulhos na rua e, também, que a retirada feita pelo município seja mais rápida.  Apesar dos estragos, ninguém ficou ferido. Moradores interditaram o final da Avenida Josias Duarte/João Durval Carneiro.

O município tem cerca de 14 mil habitantes e os bairros que mais sofreram com a chuva foram os Antonio Souza Leal, Itiruçuzinho  e Centro. Entre 19h e 21h choveram 110 milímetros, segundo o clima tempo. Ainda de acordo com os dados, em quase todas as regiões baianas o volume acumulado pode superar 100 mm. Para a próxima semana a tendência é que o tempo fique ainda mais instável. Na maior parte do estado, a chuva irá acontecer com frequência e há grande risco de temporais. A figura abaixo mostra o volume de chuva previsto para o período entre 04 e 08 de fevereiro.

Segundo o site Clima Tempo, a previsão é de mais chuvas volumosas a qualquer hora deste domingo (04), acompanhada de rajadas de ventos. Com isso é preciso que as pessoas amenizem os problemas durante o dia o máximo que puderam. Os serviços estão sendo realizados nas Ruas pelos próprios moradores, como arrumar meios fios na frente das residências atingidas e retirar entulhos, lixos e similares levados pelas enxurradas através das galerias. As principais Ruas do centro da cidade estavam com entulhos de obras jogados nas Ruas pelos proprietários, tendo a chuva arrastado a maioria para as galerias. Confira aqui videos dos estragos. 


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas