Itiruçu: Após grupo resistir abordagem policial e atirar contra Viatura, ex-detento foi baleado e morre em hospital

Na madrugada deste domingo (20), por volta das 02h40, uma guarnição da Cipe Central realizava patrulhamento no município de Itiruçu, quando nas proximidades do trevo de acesso a cidade, avistou 02 (duas) motocicletas com 04 (quatro) indivíduos em atitude suspeita, que ao serem surpreendidos pela presença inesperada dos policiais militares, passaram a efetuar disparos de arma de fogo contra os mesmos buscando impedir a abordagem policial e empreenderam fuga do local. Após resistirem à abordagem policial revidando com disparos em desfavor da guarnição, os militares se abrigaram e revidaram os disparos com a finalidade de conter os ânimos exaltados dos indivíduos.

De acordo com relatos da Cipe Central ao Itiruçu Online, ao cessar fogo, foi feita uma varredura perimetral e constatado que parte dos suspeitos havia conseguido evadir por uma estrada vicinal aproveitando a serração em face do horário, tomando destino ignorado.

Foram realizadas buscas no perímetro e encontrado um indivíduo ao solo ainda com sinais vitais, bem como em sua posse uma arma de fogo, sendo prestado imediato socorro ao indivíduo para o Hospital Municipal de Itiruçu onde a médica plantonista envidou todos os esforços, mas o quadro evoluiu para o óbito do indivíduo, sendo identificado por Jean Moniz Santos, morador de Lajedo do Tabocal.

Ao chegar ao hospital,  populares informaram que o indivíduo era conhecido como JEAN e que tinha acabado de sair da custódia da delegacia de Itiruçu e que tinha uma vasta ficha criminal na prática de assaltos na região, promovendo e espalhando terror e medo com outros comparsas. Com o resistente foram encontrado 01 revólver marca Taurus calibre .38 sob N° 230667; além de 06 munições, sendo 03 intactas e 03 deflagradas. Todo material foi apresentado na delegacia territorial de Itiruçu.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas