Itabuna: Jornalista é preso por se recusar a apagar fotos de abordagem policial

O jornalista Ederivaldo Benedito foi preso neste domingo (17) após fotografar uma abordagem policial a dois jovens no circuito da 8ª Parada Gay de Itabuna, no sul baiano. O profissional de imprensa foi obrigado pelos policiais militares a apagar as imagens da máquina digital. Bené, como é conhecido, foi conduzido à delegacia da cidade, onde permaneceu detido até a chegada do delegado plantonista, que ouviu o seu depoimento e o liberou. O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Itabuna, Andirlei Nascimento, que compareceu à unidade, declarou ao blog Pimenta na Muqueca que houve excesso dos PMs, que alegam desacato e resistência à prisão. “O repórter estava fotografando. Como pode prender alguém tão somente porque essa pessoa estava fotografando uma abordagem? Então, vamos voltar aos tempos da ditadura”, criticou. (Foto: Pedro Augusto) Voz da Bahia

Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas