Grupo lavou dinheiro da saúde com compra de casas no Alphaville de Salvador e fazendas em Itaquara

Equipes da Delegacia de Crimes Econômicos e Contra a Administração Pública (Dececap) da Bahia cumprem, na manhã desta sexta-feira (28/08), mandados de busca e apreensão e de sequestro de bens, solicitados pela Polícia Civil do estado de Roraima. O trabalho conjunto faz parte da terceira fase da Operação Hipócrates, que investiga desvio de dinheiro público, em contratos de saúde.

O grupo, segundo levantamento da polícia de Roraima, é suspeito de desviar 30 milhões de reais, através de contratos irregulares com o Hospital Geral daquele estado. Na Bahia, os integrantes da cooperativa envolvida no esquema, lavavam dinheiro comprando imóveis em Salvador, no condomínio Alphaville, e fazendas no município de Itaquara.

“Estamos dando o suporte necessário aos colegas de Roraima, para os cumprimentos das ordens judiciais”, enfatizou a coordenadora da Dececap, delegada Fenanda Asfóra. Fonte: InformeBaiano.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas