Familiares e amigos dão último adeus a Ismênia Saraiva

Foi sepultada em Itiruçu, no
final da tarde desta segunda-feira 09, o corpo da professora e enfermeira,
Ismênia Saraiva, que faleceu após 07 dias internada no Hospital Geral Prado
Valadares, em Jequié, em virtude de um trágico acidente que sofreu na última
segunda-feira 02 de Junho, na BA-250, quando o veículo Uno, de placa NZL-9098,
da secretaria de Saúde de Lajedo do Tabocal, foi atingido fortemente por um
veículo Fiat Strada, de placa JPR-1199, também de Lajedo do Tabocal. Ismênia
não resistiu aos ferimentos depois de ter lutado pela vida por 07 dias. Nesse período,
ela passou por cirurgias e seria transferida para uma unidade de Saúde em Salvador,
Roberto Santos, mas devido a complicações no quadro clinico ficou internada no
HGPV. Ela chegou a ser levada até o aeroporto de Jequié de onde seria
transferida por uma aeronave de propriedade da SESAB.
No acidente, duas pessoas
morreram no local e outras 03 ficaram feridas. Ismênia parte deixando uma filha
de 15 anos. Ela trabalhava na função de enfermeira na secretaria de Saúde de
Lajedo do Tabocal.

O corpo foi velado na Igreja
Assembleia de Deus, e em seguida o cortejo fúnebre seguiu acompanhado por uma
multidão, mesmo debaixo de chuva, para prestaram as últimas homenagens a
enfermeira. Ela foi sepultada às 17h no cemitério João Batista em Itiruçu. 

Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas