Ex-presidente do Barcelona, Josep Bartomeu é preso na Espanha

Foi preso na manhã desta segunda-feira, 1°, o ex-presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu. A prisão, realizada pela polícia da Catalunha, aconteceu em razão das investigações do ex-dirigente no caso Barçagate, quando ainda dirigia o time espanhol.

De acordo com a imprensa local, além de Bartomeu, Óscar Grau, CEO do clube, Romà Gómez Ponti, responsável pelos serviços jurídicos e Jaume Masferrer, assessor e braço direito do ex-mandatário, também foram detidos na ação.

Ainda conforme os canais espanhóis, a prisão deve ser temporária, e utilizada com estratégia, para que documentos que atestem as irregularidades cometidas pela antiga gestão do clube catalão sejam encontrados.

Barçagate

O caso Barçagate veio à tona em fevereiro de 2020 após informações da imprensa revelarem que a empresa I3Ventures, responsável por administrar as redes sociais do clube, seria utilizada como ferramenta para defender as ações do presidente Bartomeu e criticar a postura de ex-dirigentes, como Joan Laporta e ídolos do clube, como o ex-jogador Xavi e Lionel Messi.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas