Ex-prefeito de Maracás é condenado pelo TCE a devolver R$ 163 mil

Foto/Blog Itiruçu Online

A Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE) decidiu, nesta quarta-feira (7), aplicar uma multa de R$ 5 mil e imputação de responsabilidade financeira no valor de R$ 160.726,62 à Prefeitura de Maracás.

A decisão ocorreu após o TCE desaprovar a prestação de contas de um convênio firmado pela gestão do e-prefeito Paulo Sérgio dos Anjos com a Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM), que visava a prestação de assistência técnica, apoio financeiro e extensão tecnológica na implantação de uma unidade de britagem.

O TCE também puniu o ex-diretor presidente da CBPM, Hari Alexandre Brust, que foi multado em R$ 3 mil, e Uilson Venâncio Gomes de Novaes, atual prefeito de Maracás, deverá receber a notificação para que devolva o valor correspondente ao saldo do convênio.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas