Ex-prefeita de Ibicaraí tem bens bloqueados pela Justiça Federal

prefeitta

A ex-prefeita de Ibicarai, Monalisa Tavares (PPS), é ré em uma ação civil pública por atos de improbidade administrativa ajuizada pelo Ministério Público Federal (MPF). O MPF sustenta que no período compreendido entre 2006 e 2008, Monalisa, então Prefeita do Município de Ibicaraí juntamente com os demais requeridos (Alberto Antônio, Cristiane Fernandes e Caires Comércio de Derivados de Petróleo Ltda), desviou o montante de R$ 2.060,395,00, valor formado com parcelas oriundas do Sistema Único de Saúde – SUS e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – Fundeb.

Por contra da ação, em janeiro deste ano a juíza federal Maízia seal Carvalho Pamponet, bloqueou os bens de Monalisa Tavares, até o limite correspondente ao valor do ressarcimento apurado, qual seja, R$ 2.060,395,00 (dois milhões, sessenta mil e trezentos e noventa e cinco reais), em uma ação civil pública por atos de improbidade administrativa ajuizada pelo Ministério Público Federal (MPF) contra a ex-prefeita. Mas no último dia 28 a a juíza federal Maízia seal Carvalho Pamponet , decretou a liberação dos recursos que estão na conta bancária de Monalisa, já que ela provou que o valor é oriundo de salário. informações do blog Políticos do Sul da Bahia.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas