Ex-aliada, Dayane Pimentel critica Bolsonaro após fala de Moro: ”esse presidente se tornou uma farsa”

Ex-aliada do presidente Jair Bolsonaro, a deputada federal Dayane Pimentel (PSL) fez críticas após a confirmação da saída de Sérgio Moro do Ministério da Justiça. Segundo ela, ”Bolsonaro se tornou uma farsa” e destacou que Moro é o ”maior símbolo” no combate à corrupção. ”Há meses venho falando que esse Presidente se tornou uma farsa. Mas precisou perdermos o maior símbolo do combate à corrupção, Sérgio Moro, para o Brasil entender que eu estava  certa”, disse.

Dayane Pimentel lembrou das acusações a Bolsonaro e disse que o presidente ”escolheu o lado nefasto da política”. Durante o discurso da demissão, Moro disse que não assinou a exoneração do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, e disse que o presidente queria ter acesso à relatórios de investigações.

”Moro mostrou o quanto Bolsonaro mentiu e mente. Bolsonaro foi eleito para escolher o Brasil, mas escolheu o mundo nefasto da política. A nação perde com essa situação, e o mundo promíscuo da política ganha. Desolador”, lamentou. Com informes do Bahia Notícias*


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas