Em Planaltino, Igreja Católica deixa prefeito e secretário em “Saias Justas” ao repudiar prefeitura e negar doação de fogos para igreja

carlinhosplanaltino

Prefeito e Secretário receberam nota de repúdio da Igreja

Rendeu a denuncia publicada no Blog Itiruçu Online (Leia aqui e aqui) sobre a inclusão do nome da Igreja Católica de Planaltino por parte da prefeitura em suposto caso de desvio de recursos públicos.

Os vereadores Alexandro Sousa da Silva, Ernandes Pereira Soares, Gilvan Alves Braga e Rener Oliveira de Souza denunciaram ao padre do município Pe. Petrônio Bonfim e solicitaram esclarecimentos quanto a suspeita de corrupção praticada pela atual administração municipal onde gestor José Carlos Nascimento e o Secretário de Finanças e Planejamento Evanildo Fontes, entre outros, apresentaram ao Tribunal de Contas dos Municípios – TCM, despesas no valor de R$ 7.930,00 (sete mil e novecentos e trinta reais), referente a aquisição de fogos de artifício que supostamente seriam doados a Igreja Católica Nossa Senhora das Dores (Praça da Matriz, sede), para comemoração dos festejos da Padroeira da cidade no ano de 2014.

Igreja negou ter recebido doações

Igreja negou ter recebido doações

Nesta semana a Igreja surpreendeu a prefeitura e emitiu duas notas sobre a situação. Uma nega ter recebido doações de fogos e a outra repudia com veemência a inclusão do nome da Instituição religiosa no caso. A nota deixou o prefeito Carlinhos de Merelo e o Secretário de Finanças em sais justas.

Com a estranha e tardia “ERRATA” publicada pela prefeitura no DO/IMAP, (contratada do município), no dia 09/02/2015, e a declaração apresentada pela Igreja Católica que se isenta totalmente do escândalo provocado pela prefeitura que envolveu a entidade e chocou os fiéis. Diante do caso algumas perguntas ficam no ar: como a equipe da Secretaria de Finanças do município, sob a responsabilidade do Secretário Evanildo José Fontes cometem atos dessa natureza? Será que o Secretário de Finanças, o Controlador Interno, o Prefeito Municipal, Sr. José Carlos Nascimento e demais responsáveis não lêem a documentação antes de assinar e encaminhar ao Tribunal de Contas dos Municípios TCM?

Nota de Repúdio para prefeitura

Nota de Repúdio para prefeitura

Em contato com os vereadores, os Edis informaram são solidários com a igreja e estão convictos da isenção da Igreja Nossa Senhora das Dores neste episódio, e que convocarão em caráter de urgência o Secretário Municipal Evanildo Fontes e o Prefeito “Carlinhos de Merelo” para prestarem esclarecimentos no plenário da Câmara Municipal acerca da suspeita de corrupção que envolve o município de Planaltino e em seguida encaminhará denúncia ao Ministério Público – MP e ao Tribunal de Contas dos Municípios – TCM.


Comentários

Uma Resposta para “Em Planaltino, Igreja Católica deixa prefeito e secretário em “Saias Justas” ao repudiar prefeitura e negar doação de fogos para igreja”

  1. Avatar

    Junior

    Fico idgnado pela causa, mas infelizmente esse vereadores não tem o que fazer, pois a violência em alguns povoados vem deixando a população com muito medo. O uso de drogas é constante pelos jovens, sem falar que o único objetivo desse vereadores é prejudicar o atual prefeito. Vão fazer projetos fazer valer os votos que a população deu esse voto de confiança, pois eles acreditaram em vcs.

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas