É ódio contra PT: Fotógrafo é agredido por ser parecido com ex-presidente Lula

fotografolula

O fotógrafo do jornal “Estado de Minas”, Beto Novaes, cobria a cobertura do protesto deste domingo (12) na Praça da Liberdade por conta de sua semelhança física com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Durante a manifestação, uma senhora pediu para tirar foto, quando um grupo de quatro pessoas o cercou. “Eles começaram a me empurrar, me deram um chute na coxa e pediram para eu sair”, disse.

O profissional ainda lamentou que nem o crachá com identificação do jornal impediu o ato. “Me disseram que eu não estava trabalhando, mas que tinha ido à manifestação fantasiado de Lula”, contou Beto, que tem 30 anos de jornalismo no currículo.

A ação raivosa mostra claramente que a maioria dos protestantes estão movidos pelo sentimento de ódio contra o PT e não vislumbram apenas melhorias na qualidade de vida. Talvez seja esse o motivo de a cada protesto ser  menor o número de pessoas participantes.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas