“Doutora Cloroquina” é exonerada da Secretaria de Saúde de Porto Seguro

A prefeitura de Porto Seguro, no sul da Bahia, exonerou a secretária de Saúde da cidade, a médica Raíssa Soares. A informação foi publicada no Diário Oficial do município na última segunda-feira, 1. Conhecida pela defesa do uso do “Kit Covid”, conjunto de medicamentos comprovadamente ineficazes no tratamento contra Covid-19, Soares recebeu o título de “Doutora Cloroquina”. O decreto foi assinado pelo prefeito Jânio Borges.

“Eu trato primeiro, pergunto depois e acompanho”, declara a médica em um de seus vídeos que circula pelas redes sociais. Assim como o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Raíssa foi de encontro à comunidade internacional científica e defendeu o trio hidroxicloroquina, azitromicina e ivermectina para “tratamento imediato” da infecção do SARS-Cov-2. Alguns de seus vídeos foram desmentidos por agências de checagem de notícias, que combatem fake news.

Com mais de 166 mil seguidores no Instagram, Raíssa Soares comenta sobre sua saída e relata que “os 10 meses de gestão foram uma experiência importante de contribuição ao município”. Exonerada, Soares recebeu algumas homenagens na internet, inclusive um vídeo da jornalista Leda Nagle. O pedido de saída da antiga secretaria de saúde de Porto Seguro foi requerido anteriormente pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA), que também solicitou interrupção das prescrições do “kit Covid”. Do Atarde.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas