Desconto em pagamento gera confusão entre Universitários e proprietário de ônibus locado à Associação de Estudantes

Nesta segunda-feira (02), universitários que estudam em universidades no município de Jequié e que viajam diariamente durante a noite em um ônibus locado para a Associação dos Estudantes, foram impedidos de entrarem no veículo depois de uma decisão da Associação em descontar do valor pago mensalmente pela locação do transporte, alegando que o veículo estava apresentando constantes defeitos e prejudicando os alunos.

De acordo com a direção da Entidade, membro da Associação, o valor foi descontado depois que o veículo apresentou defeitos seguidamente e, assim, sendo  necessário locar outros veículos para levar os estudantes a Jequié, somando R$ 600,00 de despesas, e que descontou metade do valor no pagamento mensal dos serviços prestados pelo ônibus.

Insatisfeitos com a decisão do proprietário de não permitir que a porta do veículo fosse aberta e de que só seriam levados para Jequié no veículo após receber o valor descontado no pagamento, os estudantes foram procurar a prefeita do município, Lorenna Di Gregorio, primeiro, frete a Câmara de vereadores, depois seguiram com destino a residência de familiares da prefeita, onde aguardavam a gestora.  Por fim, para amenizar a confusão, a prefeita destinou um ônibus da frota municipal ‘Caminhos da Escola’ para levar os alunos a Jequié, já às 18h40, quase 02h depois do horário.

Posição do proprietário

Informações colhidas pelo Itiruçu Online, no dia que a Associação locou outros veículos para levar os estudantes a Jequié, o ônibus estava em condições normais de uso, não havendo a necessidade de substituição. De acordo com o proprietário, foi gravado um vídeo mostrando que o ônibus estava no local aguardando os alunos, mas a decisão foi de alugar VANs, e que por isso não poderia assumir o custo descontado no pagamento do aluguel do ônibus.

O Itiruçu Online voltará a tratar do assunto nesta quarta-feira (03), assim que houve uma decisão e entendimento entre as partes.

Atualizada às 08h30 para correção de dados. 

03/04/2019


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas