Deputado indica criação de Delegacias Especializadas na Preve

O Conselho Estadual de Educação da Bahia (CEE), que foi o primeiro a ser criado no Brasil celebrou, nesta segunda-feira (8), a sua milésima sessão e, no dia 25 de maio, completará 177 anos de fundação. A sessão solene contou com a participação do subsecretário da Educação do Estado, Danilo Souza, que representou o secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues.

O CEE é um órgão colegiado da estrutura da Secretaria da Educação do Estado, representativo da sociedade na gestão democrática do sistema estadual de ensino, com autonomia técnica e funcional. O órgão tem por finalidade disciplinar as atividades educacionais do ensino público e particular no âmbito do sistema estadual, exercendo funções deliberativas, normativas, fiscalizadoras e consultivas.

Durante a milésima sessão foi realizada uma homenagem à ex-conselheira Iracy Silva Picanço, que faleceu recentemente e exerceu dois mandatos consecutivos como conselheira titular. O subsecretário Danilo Souza falou sobre a importância do CEE Bahia. “Este é um momento histórico para a Educação da Bahia, numa sessão de justa homenagem à professora Iracy Picanço. Além disso, a passagem da milésima sessão de trabalho do conselho é uma marca da redemocratização da Educação do Brasil e na Bahia e é uma data muito especial para a cidadania do povo da Bahia”, destacou.

A presidente do Conselho Estadual de Educação da Bahia, Anatércia Ramos Lopes Contreiras, também falou sobre este momento histórico. “Essa reunião foi muito especial, visto que este foi o primeiro Conselho criado no Brasil e, portanto, é o mais antigo. Chegar a este número de mil sessões realmente é algo que merece uma menção especial”.

O conselheiro Paulo Gabriel Soledade Nacif falou sobre o papel do Conselho para a Educação. “Nós temos um trabalho muito importante, porque a gente realiza o controle social da qualidade da Educação, aprovando e acompanhando os cursos de todo o sistema educacional baiano desde a Educação Infantil até a Educação Superior e, seguramente, este Conselho tem um papel estratégico para a Educação da Bahia”, salientou.

Na oportunidade, foram empossadas as conselheiras Cristina Kavalkievicz e Célia Tanajura, como titular e suplente, respectivamente.


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas