Contra atraso de salários, professores decretam greve em Irajuba, diz APLB

Nesta última segunda-feira (08), professores  da rede municipal de Irajuba, se reuniram na sede da APLB Sindicato- Núcleo de Irajuba -, para decidirem por estado de greve que se mantinha desde o dia 27 de março.  Na assembleia, esteve presente a diretoria local sob coordenação do professor José Carlos, que pautou a situação dos vencimentos da categoria, alegando trabalhar dois meses e receber apenas um.

O coordenador do Núcleo, professor José Carlos, explicou em assembleia com a categoria que decidiram por paralisar as atividades até uma audiência agendada com a gestão municipal para o próximo dia 16.  “Por unanimidade ficou decido entrar em greve até que o salário do mês de março seja pago aos professores e funcionários de escolas. Foi pedido uma audiência com a gestão e comitiva da APLB para o próximo dia 16. Aguardamos retorno. A administração será informada da decisão da categoria e após 72 horas a categoria para as atividades”, disse.

 


Comentários

Os comentários estão fechados.

Notícias Relacionadas